#VocêTemUmaMenteMilionária

Livros: A Pirâmide Vermelha

20 de março de 2011


Título: A Pirâmide Vermelha
Gênero: Literatura Fantástica
Autor: Rick Riordan
Edição:
Ano: 2010
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788598078977
Número de páginas: 448
Nota pessoal: 4

Desde que terminei a Saga de Percy Jackson e os Olimpianos, adquiri um carinho especial pelo autor, com o lançamento de A Pirâmide Vermelha fiquei me coçando para comprar, mas o preço (eu sei, sou meio mão de vaca, mas é o Projeto Orlando 2011) não estava me deixando comprar, até que foi inevitárel, pois ele foi o título escolhido para o 3º Encontro do Clube do Livro e então eu não poderia deixar de ler.

Sinopse
Carter Kane vive com o seu pai, Julius Kane que é um egiptólogo e estão em constantes viagens pelo mundo, Carter estuda em "casa", visto que não tem um endereço fixo. Sua irmã Sadie Kane mora com os avós maternos na Inglaterra levando a vida de uma adolescente normal. Carter inveja a vida normal que sua irmã leva, enquanto Sadie inveja o irmão por conhecer o mundo e estar 24 horas ao lado do pai. Os dois se vêem duas vezes por ano, até que na última visita que Carter faz com seu pai à irmã eles entram em uma batalha de Deuses Egípcios e Demônios, o que fará a vida dos dois mudar para sempre.

Personagem favorito
Nossa vários, mas meu personagem #1 é a Sadie, ela é divertida, sarcástica, rebelde e estouradinha (me identifiquei com ela). Já disse que adoro personagens assim?
E também Bastet que é a Deusa Gata que também é engraçada, descontraída e com um estilo meio zen.
Gostei muito das conversas internas entre Sadie e Íris, Carter e Hórus, eram muito legais.

Citações que me chamaram a atenção
"Carter tirou da caixa vários pedaços de barbante marrom, uma pequena estátua de um gato de ébano e um rolo de papel grosso. Não, não era papel. Papiro. Eu me lembrei de meu pai explicando com os egípcios produziam o papiro com uma planta ribeirinha, porque eles não inventaram o papel. Aquela coisa era tão grossa e áspera que me fazia pensar nos pobres egípcios que precisavam usar papiro higiênico. Pensando nisso, dá para entender por que eles andavam de lado."
Fonte: página 87 1ª edição 2010 em Português.
Esta foi uma das passagens que fez a Sadie me conquistar, apesar de seus 12 anos, ela tem tiradas muito divertidas e inteligentes.
"Tinha medo de tentar, mas pensei: Hórus?
Bem, já era hora, - disse a voz. - Olá Carter.
-Ah, não - falei, sentindo o pânico dominar meu peito.  - Não, não, não. Alguém me traga um abridor de latas. Tem um deus preso na minha cabeça."
Fonte: página 194 1ª edição 2010 em Português.
Eu me sinto assim constantemente, quando acordo, ou mesmo do nada, fico com uma música que ODEIO na cabeça (tipo Lady Gaga, sertanejo, pagode e afins rss). Nestas horas me dá vontade de ter um abridor e tirar estas músicas que não saem da minha cabeça.
"- Sadie, quando você tiver filhos, vai entender melhor tudo isso. Uma de minhas missões mais difíceis como pai, um dos meus maiores deveres, foi perceber que meus sonhos, meus objetivos e desejos são secundários aos de meus filhos. Sua mãe e eu preparamos o cenário. Mas o palco é de vocês. Esta pirâmide foi criada para alimentar o caos. Ela consome o poder de outros deuses e terna Set mais forte."
Fonte: página 410 1ª edição 2010 em Português.
Primeiro, não suporto quando alguém me fala... "Quando você for mãe, você vai entender..." Mas pelo jeito isso é cultural né ahaha. Mas uma coisa é fato, quando se é pai, mãe deve-se ter claro na mente que todos os seus planos passam a ser secundários. Isso infelizmente não acontece nos dias de hoje, vemos muitos casos de crianças que são secundárias para os pais, crianças esta que são "jogadas" na frente dos computadores, vídeo games e afins. Falta prioridade para os pais dos dias de hoje.
"Sadie e eu mantínhamos nossos amuletos trancados em uma caixa na biblioteca. Todas as manhãs eu ia até lá para me certificar de que estavam no mesmo lugar. Eu os encontrava brilhando, quentes, e me sentia tentado - muito tentado - a colocar o Olho de Hórus no pescoço. Mas sabia que não podia. O poder vicia, é perigoso demais. Consegui chegar ao equilíbrio com Hórus uma vez, em circunstâncias extremas, mas sabia que, se tentasse novamente, poderia ser muito fácil me deixar dominar. Eu precisava treinar antes, tornar-me um mago mais poderoso, até me sentir preparado para lançar mão de tamanha força."
Fonte: página 430 1ª edição 2010 em Português.
Se todas as pessoas que tem o "gostinho" do poder, tivessem a capacidade de avaliar se realmente estão preparadas, treinadas para isso o nosso mundo seria muito diferente.

Sobre a estrutura do livro
Para começar nem vou falar da capa e sim da narrativa. Achei muito legal esta quebra de narradores. Os irmãos que narram a estória, se revezam a cada dois capítulo.
A abordagem da apresentação também achei bacana, é como se o livro fosse baseado em gravações que foram encontradas, temos discussões entre os locutores, tapas tudo muito descontraído.
Nunca tinha lido um livro neste estilo.
A capa é linda, mostrando várias passagens do livro, só mesmo lendo para entender todas elas. Páginas amarelas que AMO. E apesar de ser um livro relativamente grosso não é pesado.

Crítica
Ai eu adorei o livro, achei ele fantástico, me prendeu do começo ao fim. A abordagem diferente e a narrativa deram um toque especial. Me senti como se realmente estivesse escutando as gravações e não lendo. Incorporei mesmo os personagens dando vozes para eles e tudo mais.
Um livro divertidíssimo, gostoso e que me fez pagar DIVERSOS micos no metro e no ônibus, porque várias vezes eu começava a rir com o livro e todo mundo olhava para mim :-S. Isso só tinha acontecido lendo a saga de Harry Potter.
O livro me fez viajar, literalmente e não só entre países, entre livros também. Entre os países somos transportados para Egito, Inglaterra, Washington D.C., París e por ai vai. Já entre livros, em alguns momentos me sentia lendo Harry Potter, em outros estórias do Dan Brown e Christian Jacq.
Foi uma leitura muito prazerosa que já me deixou com muita vontade de ler The Throne of Fire.

Se fosse um filme
Primeiramente se esta trilogia, pelo menos é o inicialmente esperado, virar filme espero que não tenha o fim trágico de Percy Jackson (melhor não comentar).
Eu separei os três personagens mais presentes e gostaria que fossem representados por:

Sadie Kane (Ísis) com Chloë Moretz
Carter Kane (Hórus) com Alfred Enoch
Bastet (deusa Gata) com Anne Hathaway

Lendo o livro me veio nítidamente a imagem destes atores e levei eles comigo até o fim.
E ai o que acharam?

24 comentários :

  1. Como você gosta de fazer inveja, só fez a resenha porque ainda não li o livro ahushaushau

    Projeto Orlando 2011, hein? Me convida *-*

    Eu SINTO que vou gostar da Sadie, amo personagens assim :)
    Gostei dessa atriz que você escolheu pra ela, mesmo sem conhecer :D
    Já que gostou da Bastet, acho que também vou gostar dela.

    E, realmente, é melhor nem comentar PJ!

    Bjus ;)

    ResponderExcluir
  2. Que inveja nada, logo seu livro tá ai e se duvidar vc vai conseguir terminar até sabado para participar do clube do livro. rsss

    Vamos, Agosto (e não é de Deus) estou embarcando para lá, se tudo der certo, se eu não for no parque do HP eu tenho um treco. ahahaha

    Eu tenho certeza que vai gostar das duas, elas são muito divertidas.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Nossa sua resenha me deixou louca de curiosidade, desde quando esse livro foi lançado sou louca para compra-lo e agora depois da sua resenha então, nem se fala, vou a falência 'Haha

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  4. Aline você TEM que ler. Se quiser posso te emprestar, sei que você é cuidadosa. Me avisa que te empresto sem problemas.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Sei que é um post antigo, mas não poderia deixar de comentar que amei esse livro e não vejo a hora de chegar o seguns, um livro tão cheio de energia, em nenhum momento é monótono. Adorei sua escolha para os personagens. Sim mas se voc~e gostou tanto por que essa nota 4?

    ResponderExcluir
  6. A nota 4 pq eu achei MUITO BOM, mas não um ótimo, tudo de bom, maravilhoso rsss.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Bom, os atores são bons,
    mas a atriz ''sadie'' é muito velha
    para ele fazer a personagens ''sadie do livro''
    a sadie do livro tem 12 anos e o cater 14 anos.
    os atores parece que tem 17 ou 16 anos!!
    Mil desculpa,mas é verdade!

    ResponderExcluir
  8. eu ja li! eh mtoo legal! tbm to anciosa para o proximoo! vcs ja leram o Heroi Perdido? eh do Rick Riordan tbm. eh como uma continuaçao para a serie Percy Jackson! bjoos

    ResponderExcluir
  9. eu to lendo o livro ,e achando o maximo!
    quero muito o 2!

    ResponderExcluir
  10. ótima resenha, já faz tanto tempo que li mas agr fiquei com vontade de ler de novo. A Anne Hathaway ia ficar perfeita como Bastet, mas acho que o Carter e a Sadie ficaram muito diferentes para serem irmãos.

    ResponderExcluir
  11. esse livro e muito louco alem de nao ter acabado de ler, mas nao comcordo em colocar o carte muito alto e sadie muito menor que ele no livro fala que sadi deixava ele intrigado por que ela tinha 12 anos e era quase dotamanho dele que tinha 14 anos

    ResponderExcluir
  12. Eu adoro esse livro, me apaixonei na primeira vez que, no início do ano passado ou fim do ano retrasado -_- . Tenho certeza de que a Anne Hathaway é perfeita para o papel, e a Chloë Moretz também é ótima para a Sadie, mas acho que se colocassemos alguém tipo o Cody Christian, Mike de Pretty Little Liars, e enrolassemos o cabelo dele ficaria bem melhor que o Alfred Enoch.

    ResponderExcluir
  13. eu acho os autores meio ruins mais ok, tanto faz nem ligo, só espero que o filme seja bom, por que não importa, nééééé!

    :):):p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim se ele for legal e da hora

      Excluir
  14. Esse Rick sempre capricha nas aventuras, né não?
    Quem ta comigo manda uma resposta aí
    :D
    :)

    ResponderExcluir
  15. Nossa nada a ve com o carter onde ja se viu no livro ele fala que carter tem cabelos lisos e ai? Como me colocam o carter de cabelo ondulado ( não é preconceito não jamais só que nao é o que o ator descreve no livro) muito chateada..

    ResponderExcluir
  16. Não gostei deste Carter, e a Bastet é mais bronzeada (minha humilda opinião), mas a Sadie tá legal

    ResponderExcluir
  17. Só não gostei do Carter as outras duas estão muito boas

    ResponderExcluir
  18. Só não gostei do Carter as outras duas estão muito boas

    ResponderExcluir
  19. Ameiiii esse livro. Amei as escolhs dos atores exceto o carter, que deveria ter cabelo cacheado!

    ResponderExcluir
  20. Putz, imaginei a mesma atriz para a Sadie Kane. Sempre leio o livro imaginando os personagens como os atores do filme.

    ResponderExcluir
  21. Anne como Bastet fica praticamente perfeito mas os outros dois não . Por Carla .

    ResponderExcluir
  22. Chloe DIVA SEMPRE
    Dino Thomas e Hit Girl :O
    tira a Chloe dai, ela já fez muito filme

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita, esta convidada(o) a retornar sempre que quiser.
Gosto muito de saber o que as pessoas acham de minhas resenhas e críticas então, por favor deixe seu comentário.
E pode ter certeza que seu comentário terá uma resposta minha, portanto fique ligada(o) ;-D.
Beijocas

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL