#VocêTemUmaMenteMilionária

Livros: A Garota da Capa Vermelha

23 de abril de 2011



Título Original: Red Riding Hood
Gênero: Romance
Autor:
Sarah Blakley-Cartwright e David Leslie
Edição: 1
Ano: 2011
Editora: iD
ISBN: 97885160700502
Número de páginas: 359
Nota pessoal: 4

Desde o momento em que vi o primeiro trailer do filme A Garota da Capa Vermelha, me apaixonei. Quando descobri que tinha um livro, pirei. Ao descobrir que o filme foi o que deu origem ao livro, desanimei. Mas depois de muitas resenhas e de ganhar o livro no Encontro de Blogueiros da Editora iD, não resisti.

Sinopse:
Valerie mora com sua família em uma vila tradicionalista. Todos os meses um sacrifício é oferecido ao Lobo, sendo este, os melhores animais da família, o objetivo é que o Lobo deixe os moradores da Vila em paz. Até que aos 7 anos, a cabra de estimação de Valerie, Flora, foi oferecida como sacrifício. Valerie tentou salvar sua cabra, mas ao invés de ter sucesso teve seu primeiro encontro com o Lobo, este encontro mudou sua vida. 10 anos depois uma garota é assassinada pelo Lobo durante a Lua Vermelha, os moradores da Vila resolvem caçar o Lobo, porém o padre pede a intervenção do Padre Solomon que já matou um Lobisomem no passado, e começa a caça ao Lobo.

Personagem favorito:
Ah o Peter, ele é selvagem, misterioso, bonito, sexy, forte, não tem com não se apaixonar por ele.

Citações que me chamaram a atenção:
"...Nunca se importava em ficar sozinha - muitas vezes preferia isso, procurava ficar só..."
Fonte: página 74
Esta frase poderia ser minha, eu adoro a solidão, o silencio, a quietude, calmaria, a paz e tranquilidade.
"O Lobo se aproximou. Valerie estudou aqueles grandiosos olhos amarelos.
-Que... olhos... grandes... você... tem... - ela disse, com a voz fraca.
-São para te ver melhor, minha querida."
Fonte: página 228
Cara, chorei de rir quando li esta passagem, claro que não seria uma versão de A Chapeuzinho Vermelho sem isso mas não aguentei. Ri horrores.
"-Vou salvar sua filha - Peter falou primeiro, perscrutando as reações de Cesaire - e pretendo me casar com ela. Eu gostaria de obter sua bênção, mas posso viver sem ela."
Fonte: página 288
E é por isso que me mantive apaixonada por Peter até o fim do livro.

Sobre a estrutura do livro:
Acredito que este é o livro mais bonito que eu tenho. A capa é linda, com a Amanda Seyfried (acho ela diva), e uma arte de imagem maravilhosa. A diagramação dele é a mais linda que já vi, com muitos detalhes, muito rica.
A narrativa é gostosa, na terceira pessoa, nem corrida nem parada, no ponto certo. Os personagens são bem definidos e a protagonista não é uma adolescente bobinha.

Crítica:
Sinceramente me surpreendi com a qualidade do livro, estava com um pré-conceito já estabelecido, ao descobrir que o livro foi criado a partir do filme, e o fato de não ter um final certo achei que deu mais graça no livro, afinal vamos ver o filme para saber, uma coisa amarrada na outra. AMEI.
O livro é rico em todos os sentidos, enredo, personagens, cultura, ceticismo, tudo. Eu achei muito bom mesmo.
Se a curiosidade for maior e não der tempo de esperar para ver o filme, o final pode ser conferido aqui, eu não aguentei.

Filme que deu origem ao livro:
Incrível como eu via os atores nos papeís dos personagens, especialmente Amanda Seyfried como Valerie e Gary Oldman como Father Solomon. Não vejo a hora de ver o filme.


E vocês o que acharam? Se interessaram pelo livro? Caso queria adicionar na sua estante do Skoob basta clicar na capa do livro acima.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta