#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Sessão Pânico

24 de abril de 2011


Pois é gente, depois de 15 anos do lançamento do primeiro triller de Pânico temos o quarto filme, e o que achei mais interessante é que o elenco é o original. Para isso resolvi fazer uma sessão Pânico, assistindo aos três primeiros antes de ir para o cinema ver o último filme.


Ano: 1996
Duração: 111 minutos
Sinopse
Após um ano da morte da mãe de Sidney, a cidade se vê sobre a ameaça de um Serial Killer, iniciando com a morte de Steve e Casey, seguindo para um assassinato em massa na cidade. A persistente repórter Gale, vive atrás de Sidney para conseguir um furo de matéria, inclusive tentando provar a inocência de Cotton, preso pela morte da mãe de Sidney.
Crítica
Me senti completamente nostálgica assistindo este filme. Lembro que eu era adolescente e fiquei impressionada com o filme na época e é engraçado, pois vendo agora, o filme não tem nada de assustador, mas vale a pena recordar. A história é fraquinha até, e os motivos dos assassinatos são completamente sem sentido e baseados em filmes de terror antigos. Os virgens sobrevivem, eu quase morri de rir. Mas para a época o filme era muito bom, tanto que teve sequência devido ao grande sucesso.

Ano: 1997
Duração: 120 minutos
Sinopse
Um ano após o ocorrido em Woodsboro, acontece a estreia do filme chamado "A Punhalada", baseado no livro escrito pela  repórter Gale. Na noite de estreia do filme um casal é assassinado no cinema, e com isso especula-se um novo serial killer que esta tentando imitar os passos de Stuart e Billy. Uma série de assassinatos passa a acontecer no Campus da faculdade que Sidney estuda em Windsor.
Crítica
Se eu me senti nostálgica no primeiro, o segundo então não tem comparação. Além de ele ser mais bem produzido, vemos nele o lançamento de atores que são rostos conhecidos hoje, como Sarah Michelle Gellar (Buffy), Omar Epps (Eric - House M.D.), Joshua Jackson (Peter - Fringe) entre muitos outros. A trama é melhor que o primeiro e muito melhor produzido.

Ano: 2000
Duração: 116 minutos
Sinopse
Durante as filmagens de "A Punhalada 3 - O retorno para Woodsboro", Cotton, que fazia parte do elenco da sequência, é assassinado, assim como sua namorada, na cena do crime é encontrada uma foto, identificada por Gale como a mãe de Sidney quando jovem. Porém o assassino não para por aí, ele começa a matar o elenco de acordo com as mortes dos personagens que aconteceriam em A Punhalada 3 e todas as mortes tem uma foto da mãe de Sidney ao lado. Para descobrir o assassino da vez eles precisam descobrir o significado das fotos, cuja história Sidney desconhece.
Crítica
Depois de 3 anos do filme anterior este, para mim, é o filme mais fraco da franquia, talvez seja pela mudança de diretor, não sei. Mas ele puxa mais para o lado da comédia do que do suspense.
Para começar que cabelinho ridículo da Courtney Cox, gente do céu. O elenco de A Punhalada é de dar nos nervos, um povo chato com gente sem graça, a começar pela última do eleco a morrer, Jeniffer interpretada por Parker Posey, eu não gosto de nenhum filme que ela faz, acho ela patética.
A enredo não é ruim, os atores adicionais que não curti mesmo.

Título Original: Scream 4
Gênero: Terror
Ano: 2011
Duração: 103 minutos
Site Oficial: http://www.scream-4.com/
Nota pessoal: 3 

Sinopse
11 anos o último massacre em Hollywood, Sidney volta para Woodsboro para lançar seu livro de auto-ajuda e isso acontece no dia de aniversário do massacre do primeiro filme. Já foram lançados 7 filmes de "A Punhalada", porém a partir do quarto filme, o mesmo deixou de ser baseado na história de Sidney e ganhou novas adaptações e enredos variados. Com o retorno de Sidney, o Ghostface volta a agir, desta vez buscando re-criar o início da história, porém com algumas alterações. Desde vez a família de Sidney é diretamente envolvida, uma vez que somente restaram ela, Gale e Dewey como sobreviventes de toda a história. Gale desistiu de ser reporter e agora é casada com Dewey, que virou xerife da cidade.



Crítica
O filme meio que deu sequência ao que aconteceu no terceiro e puxou mais para o lado da comédia, mas desta vez eu gostei, acredito que seja pelo fato de o elenco ser recheado de atores que eu adoro, como Adam Brody.
Confesso que me surpreendi com o final do filme, eu não esperava por nada disso.

No geral:
Eu acho muito interessante a abordagem utilizada em todos os filmes, eles fazem a estória como se a mesma fosse baseada em um assassino seguindo um padrão praticado nos filmes de terror, o que faz com que eles tirem uma com a cara deles mesmos. Gosto dos atores e acho muito legal manter o elenco original, isso dá mais graça ao filme, mostra que os atores estão lá, não só por conta do cache gordo, mas também que eles gostam dos papéis que fazem e que nem mesmo a separação de Courtney Cox e David Arquete atrapalhou o desempenho dos dois como casal no filme.

Para os que gostaram dos filmes já lançados eu aconselho a conferir o quarto filme.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta