#VocêTemUmaMenteMilionária

Livros: O Herói Perdido

30 de junho de 2011


Título Original: The Lost Hero
Gênero: Literatura Fantástica
Autor: Rick Riordan
Edição: 1
Ano: 2011
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580570083
Número de páginas: 440
Nota pessoal:4

Assim que o Submarino anunciou a pré venda do novo livro do Tio Rick não pensei duas vezes, comprei o meu. Eis que ele chegou com algumas páginas rasgadas, e até que o processo de troca fosse concluído, fui ter meu livro nas mãos somente 2 semanas antes do evento de lançamento do livro. Então comecei a ler para o evento, mas como podem ver só terminei agora =S.


Sinopse:
Jason acordou em companhia de pessoas desconhecidas e não se lembra como foi parar ali. Piper olha para seu namorado e não entende a cara de perdido e muito menos quando ele diz não saber quem ela é. Leo escuta a conversa dos amigos sem entender nada. Na excursão da escola eles são atacados por um dos alunos e descobrem que o treinador tem pernas de bode. Então uma carruagem com cavalos alados vem ao seu resgate e as pessoas a bordo os chamam de semideuses e os levam para um acampamento chamado de Acampamento Meio Sangue, onde todos estão aguardando notícias de um herói que desapareceu chamado Percy Jackson. E como se não bastasse tudo isso eles são designados para a missão da Profecia de Jason, já sabendo que são parte da nova Grande Profecia. E que comece a aventura.

Personagem favorito:
É o Leo. Gente ele é demais. Hilário, não sabe lidar com as formas orgânicas de vida. Tem uma piadinha para qualquer momento, seja ele de crise ou não. E ainda dá apelidos carinhosos para os amigos. Tem um coração gigante e é um amor. Sim me apaixonei por ele as passagens dele foram as que me fizeram chorar.

Citações que me chamaram a atenção:
"Tentou afastar aquele pensamento. Não gostava de memórias tristes. Siga em frente - era esse seu lema. Não fique remoendo o passado. Não fique no mesmo lugar por muito tempo. É a única forma de vencer a tristeza."
Fonte: página 59
Esta passagem de Leo, já no começo do livro, me fez criar um elo com o personagem. Tenho esta mesma metodologia de vida "Siga em frente".
"...Era o palhaço da turma, o bobo da corte, por cedo aprendeu que quem finge não ter medo normalmente não recebe os golpes. Mesmo o menino mais malvado esquece do palhaço, tolera suas brincadeiras e o mantém por perto para rir um pouco..."
Fonte: página 69
E mais uma vez eu me identifico com o Leo, aprendi a mesma coisa com a vida e isso é algo que uso até hoje. É melhor viver sorrindo e ser conhecida como a bobona que ri de tudo do que ser alvo.
"...Todos pareciam pensar que ele era corajoso e confiante, mas ninguém notava o quanto ele se sentia perdido. Como poderiam confiar numa pessoa que nem ao menos sabia quem era?"
Fonte: páginas 136 e 137
Neste momento Jason tem um conflito que acredito que muitos de nós já enfrentou um dia. Precisamos manter a imagem de forte e inabalável, quando por dentro estamos em frangalhos e com medo.
"Se isso já não fosse ruim o bastante, Leo ainda se apaixonava por todas as meninas que via... desde que fossem completamente inalcançáveis."
Fonte: página 306
E mais uma vez me identifico com o Leo ahahaha. Costumo dizer que tenho o dedo podre. Sempre me interesso pela pior espécie de homem possível. Aquele com sorrisinho de cafajeste que só de olhar, você sabe que ele vai destruir seu coração em pedacinhos. Pois é, prazer Viviane.

Sobre a estrutura do livro:
Esta para mim foi uma das capas mais bonitas dos livros do Tio Rick, achei muito linda, embora só de olhar já temos um grande spoiler do livro, mas ok.
Páginas amareladas que ajudam na leitura, os capítulos não são grandes e a divisão é por meio de algarismos romanos.
A narrativa é na terceira pessoa, porém a cada dois capítulos a narrativa é voltada para um dos três personagens principais (Jason, Piper e Leo).
Agora faltou uma revisão. Tem umas trocas de nomes que a Intrínseca escorregou no tomate.

Crítica:
Gostei muito deste livro, mas comparando com os demais do autor eu classificaria As Crônicas dos Kane em Primeiro, Os Heróis do Olimpo em segundo e Percy Jackson e os Olimpianos em terceiro. Sim achei O Herói Perdido melhor que PJ, não que eu não goste de PJ, muito pelo contrário eu adoro, mas achei que a escrita esta mais madura, os personagens são mais fortes e o enredo é mais elaborado, porém senti muita falta do Tyson, espero que ele apareça nos próximos livros. E achei muito interessante ele incrementar o cenário da série anterior, deu muito mais graça ao livro, juntando a mitologia greco-romana para mim isso deixou o livro ainda mais rico.
Embora muitos tenham dito que é mais fácil entender este livro caso você tenha lido Os Arquivos do Semideus, confesso que não tive nenhuma dificuldade, embora esteja doida para ler o livro.
Atualizado: Quem não leu Percy Jackson e os Olimpianos, vai sim ficar perdido na série Os Heróis do Olimpo. O Tio passa muito por cima sobre as explicações do passado, só mesmo para relembrarmos as coisas, nada mais.

Se eu recomendo? Mas é claro. Tio Rick minha gente. Não tem como não ler.

Se fosse um filme:
Eu sempre penso em atores de seriados, então vamos com elenco de Glee, porque foram eles que me vieram na cabeça enquanto eu lia mesmo sendo bem mais velhos que os personagens do livro.

Leo seria o Mark Salling - acho que ficaria perfeito (respira Vivi, respira)

Piper seria a Naya Rivera - rainha da beleza é com ela mesmo

Jason seria o Chord Overstreet - achei a carinha dele.

E vocês o que acharam? Se interessaram pelo livro? Caso queria adicionar na sua estante do Skoob basta clicar na capa do livro acima.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta