#VocêTemUmaMenteMilionária

Livros: Como treinar o seu Dragão

5 de novembro de 2011


Título Original: How to Train Your Dragon
Gênero: Infantil
Autor: Cressida Cowell
Edição: 1
Ano: 2010
Editora: Intrínseca
ISBN: 8598078719
Número de páginas: 222
Ano do filme: 2010
Duração: 98 minutos
Site Oficial: http://www.howtotrainyourdragonintl.com/intl/br/mainsite/
Nota pessoal: 3

Dando continuidade, agora indo para o início, da série Como treinar o seu Dragão decidi ler o primeiro volume e fazer uma resenha completa comparando com o filme.

Sinopse:
No livro...
Soluço, conhecido por sua tribo como Soluço, O INÚTIL, é um viking e esta prestes a passar pelo seu primeiro teste para se tornar um herói, o Programa de Iniciação em Dragões. O teste é simples, consiste em roubar um dragão e treina-lo até o dia de Thor, neste dia o garoto que mostrar maior habilidade em dominar o dragão será considerado herói. Apesar de um conhecimento bastante aprofundado sobre os dragões, até mesmo que Tosco Traste, autor de Como treinar o seu Dragão, ele encontra inúmeras dificuldades em treinar o seu minúsculo dragão, Banguela.

No filme...
Soluço tenta provar para toda a tribo que é um viking de verdade, e que é capaz de matar um dragão, assim como todos os demais. Em sua tentativa ele consegue atingir um dragão Fúria da Noite, a espécie de dragão mais temida, porém ninguém acredita nele, afinal e não é visto como um herói. Então ele vai atrás do dragão abatido e descobre que os dragões não são inimigos e sim mal compreendidos. Então, ele começa a aprender com o dragão que apelida de Banguela.

Crítica - Livro X Filme
Só pela sinopses que fiz dá para ver a diferença gritante entre o livro e o filme.
Eu diria que o filme parece mais uma fase pré livro, como se fosse para mostrar como os vikings passaram a adotar os dragões como animais de estimação e parceiros de batalhas. Eu já havia assistido o filme, na época em que foi lançado no cinema, e confesso que não me lembrava muito, a não ser que Banguela não era nada pequeno e que tinha um problema na calda.
Revendo o filme eu não podia deixar de comparar com o livro, afinal este era o objetivo.
O pai de Soluço é o personagem que mais mudou, no livro ele espera que o filho seja mais parecido com ele, mas em momento algum se envergonha do filho, inclusive podemos sentir sua dor em momentos de decisões dramáticas. Já no filme ele é durão e tem dificuldade em aceitar o filho como ele é.
Banguela também é o oposto na maior parte do tempo, começando pelo tamanho, indo para a raça e depois para a relação com Soluço. Confesso que gosto muito mais do Banguela do filme, o olhar dele me lembra o do meu cachorro (ok, comentário desnecessário).
Se eu fosse reescrever, eu pegaria umas partes do livro e outras do filme e juntaria para ficar perfeito.
Enfim eu super recomendo os dois, mas acho que fazer comparações não é muito justo, pois os enredos são bastante diferentes, mas não de forma negativa.

Confira trailer do filme



E vocês o que acharam? Se interessaram pelo livro? Caso queria adicionar na sua estante do Skoob basta clicar na capa do livro acima.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta