#VocêTemUmaMenteMilionária

Livros: Diário de uma paixão

9 de novembro de 2011


Título Original: The Notebook
Gênero: Romance
Edição: 1
Ano: 2010
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219206
Número de páginas: 244
Nota pessoal: 5

Devo confessar que depois de ler Um amor para recordar estava com um certo medo de ler Diário de uma paixão, porque este é simplesmente o meu filme favoritíssimo das adaptações dos livros do Nicholas Sparks, mas felizmente não me arrependi.

Sinopse:
Noah e Allie, dois corações separados por regras e classes sociais. Um amor dividido entre duas pessoas pelo tempo. Amor de verão com um poder para uma vida. Noah conta através de seu diário como um amor puro e verdadeiro sobrevive a tudo.

Personagem favorito:
Noah e Allie, não é possível fazer a distinção. Eles são simplesmente perfeitos. Engraçado que não consegui invejar o amor dos dois, é um amor tão puro que pertence somente à eles.

Citações que me chamaram a atenção:
"A poesia, pensava ela, não foi escrita para ser interpretada ou analisada - foi feita para inspirar sem motivo, para emocionar sem entendimento."
Fonte: página 71
"... o mundo estava correndo, como Lon, na direção de longas horas de trabalho e de lucros, negligenciando as coisas que davam beleza ao mundo."
Fonte: página 104
"Quando vejo você de manhã, minha querida, antes de você tomar banho ou em seu estúdio, coberta de tinta, os cabelos embaraçados e os olhos cansados, sei que você é a mulher mais bonita do mundo."
Fonte: página 172
"... e aconteça o que acontecer no futuro, cada dia que estamos juntos é o melhor dia da minha vida."
Fonte: página 175
"... o silêncio é puro. O silêncio é sagrado. Ele aproxima as pessoas, porque só quem se sente confortável ao lado de outra pessoa pode ficar sentado sem falar nada. Este é o grande paradoxo."
Fonte: página 179

Sobre a estrutura do livro:
A Novo Conceito nunca peca nos livros, a exceção dos livros do Nicholas Sparks. Sempre acho as capas feias, sem vida, sem a paixão que encontramos nas páginas, prefiro inclusive as capas de filmes.
Já a narrativa a princípio me decepcionou, afinal um livro que tem o nome diário me fez esperar algo neste formato e não é, mas apesar disso fui envolvida com a narrativa ora em primeira, ora em terceira pessoa que esqueci a decepção e embarquei na emoção.
O livro é leve com um leitura fluída e envolvente.

Crítica:
Amei o livro tanto como amo o filme. O filme é quase fiel, tendo só uma pitadinha a mais de paixão. Já o livro mostra mesmo o amor puro e simples, sem exageros e acho que este foi um dos motivos que mesmo faltando a paixão eu não me senti, digamos, traída durante a leitura.
Não sei muito o que dizer a respeito, por que será que quando a gente ama as vezes faltam palavras?
Achei interessante que o final do livro existem um espaço chamado "Perguntas para discussão", o que faz o leitor refletir sobre tudo o que foi lido. Então me peguei pensando, será que é possível nos dias de hoje existir um amor tão puro e bonito?
Vemos tanta traição, tantas pessoas com valores distorcidos, que fico imaginando que isso não deve ser possível de acontecer. Eu pelo menos não conheço nenhum casal assim.
As vezes eu tenho a impressão que o romantismo ficou brega, que as pessoas não se importam com isso. Sinceramente não consigo entender o porque.
Para aqueles que gostam de uma ótima história de amor, de aquecer o coração, encher os olhos de lágrimas e o coração de emoção, recomendo a leitura de Diário de uma paixão (não é que rimou).

Confira o trailer do filme mais lindo do mundo.


E vocês o que acharam? Se interessaram pelo livro? Caso queria adicionar na sua estante do Skoob basta clicar na capa do livro acima.

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL