#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: A Invenção de Hugo Cabret

25 de fevereiro de 2012


Título Original: The Invention of Hugo Cabret
Gênero: Aventura
Ano: 2012
Duração: 126 minutos
Site Oficial: http://www.theinventionofhugocabret.com/
Nota pessoal: 3

E para encerrar a Maratona Oscar 2012 vamos ao filme de maior número de indicações, que infelizmente fui obrigada a assistir dublado por falta de opção.

Sinopse
Cada um tem um propósito na vida, o de Hugo é consertar máquinas que não funcionam adequadamente ou que estão quebradas, ele vive na estação de trem em Paris dando manutenção nos relógios, porém ninguém sabe de sua existência e ele vive no anonimato, afinal os órfãos naquela época eram encaminhados para o orfanato e este era um destino que ele não desejava, pelo menos até que ele conseguisse concluir o reparo no autômato deixado por seu pai.


Crítica:
Confesso que esperava muito mais do filme, a princípio achei ele bem cansativo e até mesmo chato, muitas situações pastelonas de comédia infantil que me desagradaram demais. Depois de quase uma hora de filme ele começou a ficar mais sério e mais interessante e então passei a aproveitar.
Infelizmente a interpretação de Asa Butterfield deixou muito a desejar, ele estava muito melhor em O Menino do Pijama listrado, mas por ser um adolescente não podemos exigir muito do garoto.
Por outro lado, devido ao fato de se passar em Paris na década de 30 a fotografia dele é magnífica, um banquete para os olhos.
O enredo é bom, mas nada surpreendente, estava curiosa pelo livro e confesso ter perdido um pouco a vontade de lê-lo.
Por ser o filme com maior número de indicações esperava algo mais maduro, mais lapidado e não um filme bastante infantil, recheado de perseguições, lições de vida, mocinhos e bandidos.
Sei lá, o filme não me tocou, não me emocionou nem me fez sentir parte.
A parte da fotografia maravilhosa e do figurino belíssimo não achei que o filme merece ter sido alvo de tantos reconhecimentos e indicações. Acho que um filme precisa não só de um visual bonito, mas também um enredo surpreendente e atores de qualidade. Sempre acho um lance arriscado colocar uma criança ou adolescente como protagonistas, nem sempre dá certo.
Em resumo o filme é bom, porém esperava muito mais, esperava um filme mágico de aquecer os corações e fazer os olhos brilharem de emoção.
Ainda assim recomendo para quem gosta do gênero de filmes infantis.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta