#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Tão forte e Tão perto

24 de fevereiro de 2012


Título Original: Extremely Loud and Incredibly Close
Gênero: Drama
Ano: 2012
Duração: 129 minutos
Site Oficial: http://www.taoforteetaoperto.com.br/
Nota pessoal: 5

11 de Setembro, uma data conhecida por todos, até mesmo aqueles com menos de 10 anos, Um dia que mudou vidas, destruiu famílias, desatou laços.

Sinopse
Até que ponto a Síndrome de Asperger separa pessoas? Um garoto que perdeu não só seu pai, mas também seu companheiro, seu amigo, busca uma lógica para o dia que mudou sua vida, acabou com sua esperança e ficou marcado como o pior dia de sua vida.


Crítica:
A pergunta que não sai da minha cabeça é "Porque cogitei a possibilidade de deixar este filme de fora da Maratona Oscar 2012?". Sinceramente não sei responder, só sei que me arrependeria amargamente se o tivesse feito.
O filme é simplesmente maravilhoso. Sabe aquele filme que você não dá nada por ele e de repente ele se torna um filme do coração? Então este filme é o Tão forte e Tão perto.
O mais interessante é o risco que este filme corria de ser um fiasco, afinal o protagonista, Thomas Horn, não passa de um garoto que contracena ao lado de ninguém menos do que Tom Hanks e Sandra Bullock, chega até a ser injusto, não? Não, o garoto manda muito bem e teve uma atuação maravilhosa, emocionando e conquistando o coração de quem assiste, sequer lembramos a grande diferença de bagagem, e até mesmo de idade, entre os atores.
Na verdade tudo neste filme foi maravilhoso desde a escolha de elenco, cenário, trilha sonora até o figurino. Tudo se encaixa perfeitamente. O que mais gostei é que o foco não passou nem perto de ser o fatídico 11 de Setembro e sim a busca de Oskar por sua resposta.
Não é um drama clássico e clichê, ele é imprevisível em alguns momentos, divertido em outros e acima de tudo ele é comovente e maravilhoso (juro que esta será a última vez que uso este adjetivo).
Preciso dizer que SUPER RECOMENDO?
Apesar de ainda faltarem dois filmes da lista de indicados a Melhor Filme, arrisco a dizer que este é meu favorito para levar a estatueta, não é atoa que o filme tem apenas duas indicações, sendo uma delas a mais importante.
Não façam com eu em julgar pelo poster e deixar o filme de lado, ele vale muito a pena.
Agora estou doida para ler o livro que é do escritor Jonathan Safran Foer e poder logo ter este filme na minha DVDteca.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta