#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Jogos Vorazes

23 de março de 2012


Título Original: The Hunger Games
Gênero: Ação
Ano: 2012
Duração: 144 minutos
Site Oficial: http://www.jogosvorazesofilme.com.br/
Nota pessoal: 5

Não consegui estar presente na pré estréia deste filme, mas é claro que a estréia não poderia passar em branco. Vesti meu uniforme, preparei minhas armas e fui para a arena.

Sinopse
12 Distritos, 24 crianças, apenas um vencedor. Dominados por um governo opressor e aprisionados em uma arena. Que vença o melhor.

Esta é uma série que dispensa comentários e se falarmos demais perde a graça.
Então sem mais delongas confiram o countdown (que quase fez meu coração parar) e sejam todos bem vindos ao 74º Jogos Vorazes.


Crítica:
Antes de mais nada tenho um apelo a fazer.
Você que esta lendo e é aquele tipo de leitor que ao se dirigir ao cinema ou até mesmo assistir em casa à uma adaptação de um livro e ainda não aprendeu que elas JAMAIS são fiéis ai livro. Abra os olhos e saia da bolha na qual você vive que isso te fará muito feliz e você aproveitará o filme, ou até mesmo a série, da forma como foi produzida para ser apreciada.
Mas se você é feliz assim faça um grande favor à todos PARE DE RECLAMAR, afinal todos, exceto você, sabemos que estes não passam de adaptações. Ah você não sabe o que é uma adaptação? Não seja por isso, confira abaixo a definição:
Definição de Adaptação
s.f. Ação de adaptar; resultado desta ação.
Transposição de uma obra literária para o teatro, televisão, cinema etc.: este filme é adaptação de um romance antigo.Arranjo, adequação de uma obra estrangeira que, além da tradução, implica modificações do texto original.
Pois agora já me sinto pronta para falar sobre o filme.
O que foi a adaptação de Jogos Vorazes? Diria que foi feita para os fãs. Não é um filme que tenha me passado a impressão de querer conquistar novos seguidores ou até mesmo atrair leitores. Ele mostra tudo o que nós, fãs da série, queremos ver.
Acredito que para as pessoas que desconhecem a história ele pode ser até mesmo vazio. Muita coisa é bastante superficial ficando até mesmo difícil de sentir a gravidade da situação, por assim dizer.
Já para os fãs dos livros, o filme é ironicamente um banquete. Podemos apreciar e degustar aquelas cenas que tanto sonhamos em ver reproduzidas e o melhor de tudo é vê-las com qualidade tanto de produção quanto de atuação. Se eu tinha dúvidas quanto a escolha do elenco elas foram completamente esquecidas (nem cantei mentalmente American Woman quando o Lenny Kravitz apareceu como Cinna), todos trabalharam muito bem e representaram os personagens até melhor do que montei em minha mente fértil.
Pontos negativos como fã não vejo nenhum. Amei o filme e já garanti uma nova sessão para amanhã.
Se senti falta de algum personagem que foi deixado de lado? Nenhuma. Se queria mais do filme? Mas é claro que sim, quem não quer ver suas cenas preferidas? A minha é Katniss tomando chocolate quente, esta cena me tocou profundamente, talvez pelo fato de não conseguir imaginar uma vida sem chocolate quente (imaginem se fosse Coca-Cola).
Acho que devo me limitar a dizer que o filme é fantástico, mas que, assim como muitas adaptações, pode deixar as pessoas que não conhecem a história meio boiando.
Ponto altíssimo para mim foi mostrar cenas contidas nos livros posteriores garantindo assim o gancho perfeito para o próximo filme (bem que poderia estreiar amanhã).
Ainda preciso dizer que recomendo? Não acredito que chegou a ler até aqui, deveria ter largado na metade do post e ido correndo para o cinema mais próximo.
Que a sorte esteja sempre com vocês.
Para conferir a resenha do livro que deu origem ao filme basta clicar na capa abaixo:

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL