#VocêTemUmaMenteMilionária

Manias de uma traça de Livros

27 de março de 2012

Oi gente! Depois de surtar ontem no quesito filmes resolvi abrir meu coração sobre meus vícios, então ai vai um relato sobre minhas manias com os livros.

Na realidade tudo depende do ambiente. Tenho diversos TOC´s para a leitura.

Se estou no conforto do meu lar gosto de silêncio e tranquilidade, nada mais irritante do que alguém interromper minha leitura com assuntos mundanos. Se não tiver algo que seja mais interessante do que o meu livro para falar comigo é melhor me deixar em paz, se não irei lançar um olhar um tanto desagradável com a seguinte frase "que parte do estou lendo que você não entendeu?", pois é fico mal educada quando estou alimentando meus vícios.

Mas no geral gosto de ler em locais públicos. Tudo bem não fique acanhado(a) em comentar, também não faz o menor sentido na minha cabeça. Acho que é meu refúgio, não gosto de conversar com desconhecidos e muito menos de desperdiçar o meu tempo com assuntos banais então prefiro enterrar o meu rosto num livro e fones de ouvido nas minhas orelhas. Isso mesmo quando estou em público geralmente leio escutando música, porque aquele burburinho de pessoas falando tira completamente minha concentração, além do mais sempre tem alguma voz que se sobressai e acabo ficando com certa dificuldade em não escutar o assunto, em geral inútil, que a pessoa esta a dissertar.

Quais locais públicos que leio? Qualquer um em que eu tenha um livro na bolsa e tempo ocioso, em geral no ônibus, metrô, paradas, shoppings mas meu lugar preferido é o Starbucks, nada melhor do que um bom livro acompanhado de um Mocha com menta ou um Frappucchino de chocolate com menta (fica a dica).

Não gosto em nada de tempo ocioso, afinal tenho uma mente muito fértil e propensão para pensar merda, então sempre leio algo quando estou na rua, até mesmo andando eu leio, o problema é que nem sempre dá pra desviar dos cocôs de cachorro nas calçadas, então galera levou o cachorrinho para dar uma andadinha, recolha suas fezes, nós leitores agradecemos.

Se já me machuquei? Opa, eu caio de madura, como diria minha vovó, já tropecei, quase fui atropelada, mas a vida é cheia de emoções não é. O importante é aproveitar todos os momentos com um livro nas mãos.

Outra opção muito útil para a leitura é quando não se tem companhia para almoçar, o que no meu caso é algo constante por sempre ter reuniões que terminam tarde, mas geralmente uso estas horas para outra coisa como vocês poderão conferir amanhã.

Como podem perceber não sou tão chata com a leitura como sou com os filmes, sou mais cheia de manias mesmo. Quer me ver ser chata é quando o assunto se torna empréstimos de livros, bem se quiser ter mais de um livro emprestado comigo terá que seguir as seguintes regras:
  • Não trate o livro como você trata os seus, afinal ele é meu e você deve no mínimo tratá-lo como eu;
  • Não guarde ele em bolsas e mochilas sem proteção, se eu ver você jamais terá outro livro meu nas mãos;
  • Jamais abra-o em 180 graus, isso é um crime contra as lombadas e livro meu não tem lombada marcada;
  • Orelha de livro não é marca página, então nem sonhe;
  • Salgadinhos e frituras. Você andou bebendo se os consome durante a leitura, esta pensando que página de livro é guardanapo?
Tirando estes pontos e quaisquer outros que possam causar danos aos meus livros eu empresto super de boa.

Segue uma foto da proteção que uso nos meus livros para usar como exemplo caso queira.
Este foi um dos brindes mais úteis que já ganhei, a única coisa é que substituiria o fecho de botão por elástico. Assim além de conseguirmos colocar livros mais grossos não danifica a capa com a pressão usada para fechar o botão.

E as suas manias quais são?

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL