#VocêTemUmaMenteMilionária

Livros: Fifty Shades of Grey

27 de junho de 2012


Título Original: Fifty Shades of Grey
Gênero: Romance Erótico
Autor: E. L. James
Ano: 2011
Editora: Vintage
Número de páginas: 518
Nota pessoal: 4
Indicação: Leitura indicada para maiores de 18 anos

Esta série irá dividir opiniões. Existem aqueles que irão ler por ser Bestseller, os que dirão que gostaram para não se fazerem de horrorizados, outros que se sentirão molestados ao terminar o livro e aqueles que simplesmente apreciarão a leitura.

Sinopse:
Dois mundos que se cruzam de forma inesperada, o Senhor perfeito que não tem nada de perfeito e a Senhorita inocente que decide perdê-la da forma mais inusitada possível. Ele quer controlar e ela quer ser amada. Ele quer submissão e ela deseja poder tocá-lo.

Personagem favorito:
Não posso deixar de afirmar que sim sou apaixonada pelo Mr. Grey com tudo o que ele tem a oferecer. Sem mais.

Sobre a estrutura do livro:
Não preciso nem falar sobre a capa, todas as capas desta série são simples e maravilhosas, claro que a do segundo volume é a mais bela de todas, mas nenhuma deixa a desejar.
A narrativa é envolvente e faz com que o leitor se sinta no lugar da protagonista (em todos os sentidos), porém em determinados momentos isso se torna irritante devido aos conflitos, até compreensíveis, da personagem.

Crítica:
Holy fuck. Este livro tirou meu sono e mexeu com os meus sonhos.
Sim, o livro é muito bem escrito, não vou negar. É um clichê não tão clichê.
Quem me conhece sabe que Crepúsculo para mim foi apenas uma fase, logo não foi este o motivo que me levou a ler a série, foi o simples fato de ser um romance erótico que é um gênero que (julgue quem quiser) eu aprecio, quem me conhece sabe que sou fã de Anne Rice e os que já leram sabem que erotismo é o que não falta então certamente os livros dela me fizeram assim.
Mas já que mencionei a Saga Crepúsculo vamos às similaridades. O começo do livro dá até raiva de tão próximo que é até mesmo alguns diálogos e pensamentos da protagonista, se a escritora não tivesse tirado as semelhanças logo no começo provavelmente eu ficaria bastante chateada de ter investido na série toda. A protagonista tem muitos traços de Bella Swan, porém as semelhanças acabam por aqui.
Para aqueles que estão cheios de preconceitos vamos aos fatos. Trata-se de um romance como qualquer outro, a única diferença é que o sexo não fica só na imaginação do leitor, ao contrário ele é bem detalhado, com cenas fortes, mas não é só isso, a trama que envolve o casal tem mistério, afinal o protagonista não é um cara dos mais normais, e saber o que o tornou um dominador é que mexe com o leitor, pois ele poderia ser apenas um lindo homem desejável como qualquer outro que encontramos em romances como os do Nicholas Sparks. O que mais gostei neste personagem é que ele sabe que é uma pessoa completamente perturbada (ou fodida como ele mesmo se define) e se aceita por ser assim, inclusive deixa tudo muito claro para quem quiser se arriscar a se relacionar com ele, preto no branco, por meio de um contrato. Este foi um dos principais motivos que me fizeram apaixonar pelo Mr. Grey.
O enredo é envolvente e tudo transcorre lentamente para que o leitor se delicie com a evolução da relação do casal assim como consiga digerir junto com a protagonista tudo o que lhe é proposto. Além disso os personagens são todos muito bem construídos, assim como os cenários e as situações. O desfecho deste volume é de dar vontade de ir correndo para o segundo para saber mais sobre o que irá acontecer.
Claro que super recomendo principalmente para os leitores de mente mais aberta e preparados para se deleitar junto a Mr. Grey e Anastasia.

Vamos falar sobre sexo?
É o que este livro irá acarretar. Muitas pessoas discutindo sobre sexo de forma mais aberta. Infelizmente sexo hoje ainda é um tabu e nem todos tem claramente definido o que gosta de fazer entre quatro paredes. Discutir sobre sexo, principalmente com o(a) parceiro(a) não é fácil para a maioria das pessoas, mas acho que todos deveriam fazer o papel de Mr. Grey e Ana em seus relacionamentos visando uma vida sexual saudável e definida.

Nota: Preciso dar uma pausa na leitura da série para voltar a ter noites de sono mais tranquilas, mas mês que vêm volto a fazer uma visita para o Red Room of Pain e descobrir mais sobre o enigmático Mr. Grey.

Esta série será publicada no Brasil pela Editora Intrínseca, todos os volumes serão lançados este ano com o primeiro em Agosto, clique nas capas abaixo para maiores detalhes.


E vocês o que acharam? Se interessaram pelo livro? Caso queriam adicionar na estante do Skoob basta clicar na capa do livro no início do post.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta