#VocêTemUmaMenteMilionária

Séries: True Blood - 4ª Temporada

29 de junho de 2012


Título Original: True Blood
Temporada: 4
Gênero: Terror
Ano: 2011/12
Site oficial: http://www.hbo.com/true-blood/index.html
Emissora: HBO
Nota pessoal: 3

Pois é, eu sei que estou bastante atrasada, mas é que as duas últimas temporadas da série me decepcionaram um pouco então levei certo tempo para criar coragem de voltar a assistir, mas não resisto ficar muito tempo longe do Xerife Eric.

Sinopse
Sookie esta no mundo das fadas, mas descobre que nem tudo ali é como nos contos de fadas, consegue fugir e voltar para o mundo real, o que ela não esperava era encontrar todos seguindo suas vidas e que os poucos minutos que passou do outro lado representasse um ano de sua vida mortal. Logo após seu regresso começa uma luta entre bruxos e vampiros que não se limita a estes seres e passa a atingir todos os habitantes de Bon Temps.

Pontos relevantes:
A relação dos vampiros com seus criadores (em português algumas palavras não tem o mesmo efeito) esta muito mais intensa e bonita nesta temporada.
Eric desmemoriado foi épico, a cena dele tomando banho de rio então foi surreal.
Jason apesar de ter deixado o lado mulherengo de lado voltou a ser aquele que eu tanto gostava nada de dar uma de idiota a base de V ou membro de uma igreja anti vampirismo.

Crítica:
Depois de terminar de ler Fifty Shades of Grey eu precisava desesperadamente de um novo cretino maldito na minha vida, então não pensei duas vezes em assistir a True Blood, mas tal foi minha surpresa ao ver que meu querido e amado Eric Northman perdeu a memória e se tornou um bobão bonzinho e acima de tudo romântico (qual é?) apesar de tudo tenho que admitir que ele mandou super bem e ficou simplesmente hilário.
Claro que a série não deixa de ter seus WTF moments (esta definitivamente não dá para traduzir), porém continua mais comedido do que na primeira temporada, que em minha opinião continua sendo a melhor, mas ainda assim a série cresceu no meu conceito.
Um ponto que a série realmente precisa melhorar são os vilões, estes são sempre tão sem graça que nem que se queira dá para se afeiçoar, quer ver um que faça um verdadeiro estrago, ai sim vai ser bacana.
Tudo fica sempre em torno do triângulo amoroso que já esta cansando de tão manjado, esta na hora de dar uma chacoalhada geral na série e colocar mais emoção, afinal ninguém mais torce para a Sookie ficar com o Bill ou com o Eric (quero mesmo que o Eric fique comigo, mas...), tenho fortes expectativas para a próxima temporada, que inclusive já esta rolando na HBO.
Um ponto super positivo é que a série não tentou introduzir novos personagens à trama, afinal os personagens fixos já tem muito potencial para desenvolver uma boa história e muita coisa para contar, até mesmo porque se tem de tudo na série, qualquer elemento sobrenatural esta presente e ativo. Já as tramas secundárias não são lá aquelas coisas, sempre muito superficiais e as vezes até mesmo desnecessárias, mas na maioria das vezes tão bizarras que acabam dando mais graça para a série. Ainda assim contamos com as tiradinhas clássicas sobre o sistema, a sociedade e até mesmo as tendências.
Fiquei muito feliz ao constatar que a série voltou a ter foco e qualidade, realmente a segunda e terceira temporadas não foram completamente do meu agrado, mas esta me deixou bastante satisfeita, espero que ela continue evoluindo até voltar a ser como a primeira temporada.
Super recomendo esta série, para maiores de 18 anos é claro.

Episódio favorito:
“I´m alive and On Fire”
Esta parte foi sensacional, chorei de rir.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta