#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Totalmente Inocentes

10 de setembro de 2012


Título Original: Totalmente Inocentes
Gênero: Comédia
Ano: 2012
Duração: 91 minutos
Nota pessoal: 1

Domingo de bobeira em casa batendo papo com os amigos pela internet até que surge a ideia de ir ao cinema. Porque não? Afinal teve estreia de Abraham Lincoln O Caçador de Vampiros no feriado prolongado, então bora assistir porque não tem quase ninguém em São Paulo e os cinemas estão vazios. Só que não.

Sinopse
Uma moradora da comunidade do DDC busca seu primeiro estágio em uma revista e vê a chance de colocar sua primeira matéria logo na primeira capa com a guerra que estourou no morro. Um garoto apaixonado buscando conquistar o coração de sua amada. Esta mistura de conquistas em um cenário pitoresco tem tudo para resultar em muitas trapalhadas e confusões.


Crítica:
Antes de mais nada peço desculpas pela sinopse RIDÍCULA que eu escrevi, mas foi o melhor que eu consegui fazer com um enredo TÃO fraco.
Eu super apoio o cinema nacional e por incrível que pareça até mesmo as comédias tenho o costume de conferir porque em geral não são muito ruins. Acontece que esta é uma lástima de proporções incalculáveis.
Devo dizer que os produtores, roteiristas e todo o resto do time tentou fazer o filme ser divertido, inteligente e diferente. O que eles conseguiram foi um filme sofrido, idiota com uma tentativa frustrada de ser irreverente. Este último ponto foi o único que deu um pontinho para o filme, que contém algumas ilustrações que até que não foram mal feitas (claro que não tenho o olho clínico para coisa e certamente algumas pessoas podem achar que estou falando merda e dando ponto onde não merece), mas ainda assim não foi de todo mal e acabou dando um pouco de graça para o filme.
Já os atores nem tenho muito o que dizer, para começar eles mesmo não levavam seus papéis muito a série, rindo em situações em que, supostamente, eles deveriam permanecer sérios.
Claro que, como em todo filme de comédia, tem sempre uma frase que acaba sendo engraçada em todo o filme, também não sou uma pessoa tão desprovida de humor assim (pelo contrário me fazer rir é fácil, desde que seja de humor negro e piadas inteligentes), e acabei dando uma risadinha ou duas nos 91 minutos, mas sem sombra de dúvidas ri mais com os comentários dos amigos do que com o filme em si.
Como o sofrimento foi compartilhado o desabafo também o será.

Artur diz:

"De início o filme é péssimo. Piadas FORÇADÍSSIMAS e Apelativas.
Tem um apelo POP e adolescente até certo ponto, personagens cômicos e -irreais- que, em minha opinião não fazem sentido. O filme perde total e completamente a linguagem escolhida em determinado momento fazendo a história que já é fraca, ficar entre um drama da comunidade e a vontade de fazer piadas "que todos entendam".
Totalmente composto por trechos de "Tropa de Elite" e "Cidade de Deus" esse filme tenta satirizar os dois que o deram origem de forma  Infantil, que na minha opinião poderia ter sido melhor formulada, com o uso de cenas forçadas [Felipe Neto WTF] e com os famosos clichês de Hollywood.
- Totalmente Inocente - deve ser alguém que cogitou ver este filme de primeira, sem referências e nem amigos que o impedissem.
Não sou um fã de Filmes Nacionais  ~Thats a Brand new Information~  mas assumo que quando é bom o filme merece elogios e indicações; ESTE infelizmente, e como na maioria das vezes; não merece."

Vinicius diz:

"Existem filmes que mesmo que você ache que ele será ruim, merece pelo menos ser assistido para que você tire a conclusão precipitada. Mas esse filme nem merece ser assistido.
eu poderia ter resumido em duas palavras.
NÃO ASSISTA.
mas quis colocar a minha dor, ai o comentário ficou maior."
Para resumir não recomendo de jeito nenhum este filme.

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL