#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Selvagens

8 de outubro de 2012


Título Original: Savages
Gênero: Drama
Ano: 2012
Duração: 131 minutos
Site Oficial: http://www.selvagens-ofilme.pt/
Nota pessoal: 5

Depois de terminar o livro eu não poderia deixar de conferir o filme para saber se foi tão bem adaptado como o filme que criei na minha cabeça (tudo bem que o meu era dirigido pelo Tarantino, mas isso é um mero detalhe).


Sinopse
O Cartel de Baja, do México quer o monopólio da comercialização de narcóticos na Califórnia, e manda seu recado para os fornecedores da região deixando claro que em caso de negativas a decapitação é um destino certo. Ben e Chon são os maiores distribuidores de maconha da região de Laguna Beach, e mesmo depois de receber o aviso resolvem rejeitar a proposta, com isso a amada O. é sequestrada e para salvá-la eles precisam se submeter aos caprichos de Elena, a comandante do Cartel de Baja.


Crítica:
Eu já tinha me apaixonado pelo livro, mas o filme conseguiu ser uma ótima adaptação não desfavorecendo em nada.
Corro o risco de ser repetitiva ao avaliar o filme, visto que me envolvi tanto quanto com o livro. Os dois são igualmente ótimos e arrisco a dizer que esta foi uma das melhores adaptações literárias dos últimos tempos.
O filme não pecou em nada, cenário perfeito, sequências claras e diretas, muita ação e adrenalina. Os atores só não dispensam comentários porque seria injusto não falar como eles foram ótimos em ação. Aaron Johnson (que fiquei impressionada ao descobrir que é o ator que protagoniza Kick-Ass outro filme que adoro) me conquistou como Ben, este já tinha me ganhado nas páginas e não deixou a desejar quando representado pelo ator. Até mesmo Blake Lively atuou bem demais e fez uma perfeita O. (e olha que eu tenho certo preconceito adquirido depois de diversas temporadas de Gossip Girls, série que abandonei por causa da personagem interpretada pela atriz), na verdade estamos falando de um filme recheado de ícones do cinema em meio a atores novatos que tinham uma grande responsabilidade por serem os protagonistas ao lado destes atores de peso, mas eles não se deixaram abalar e deram um show.
O filme tinha tudo para me decepcionar, afinal durante a leitura o idealizei produzido e dirigido por ninguém menos do que Quentin Tarantino que tem um estilo bastante único, mas acontece que Oliver Stone mandou muitíssimo bem e não deixou por menos, o filme tem sangue na medida certa, muitas cenas fortes e algumas até bastante chocantes (do jeitinho que eu gosto).
A mistura de cenários entre Laguna Beach e o México foi muito bem apresentada e deu ainda mais veracidade, assim como as interpretações de Benicio Del Toro e Salma Hayek. O único ator que achei um pouco apagadinho foi John Travolta que mostrou mesmo seu talento mais perto das cenas finais.
Assim como o livro, o filme mexeu muito comigo e me deixou bastante satisfeita com o resultado, já estou doida para rever e poder ter na minha DVDteca.
Só uma observação, acho que ler o livro antes de ver o filme é vital, afinal... Ahhhh deixa pra lá, não vou comentar quem leu o livro depois viu o filme vai saber o que estou falando.

Este filme é adaptação da obra de Don Winsloe publicado no Brasil pela Editora Intrínseca em 2012. Confira a resenha clicando na capa do livro abaixo.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta