#VocêTemUmaMenteMilionária

Séries: American Horror Story - Asylum

1 de fevereiro de 2013


Título Original: American Horror Story - Asylum
Temporada: 2
Gênero: Terror
Ano: 2012/13
Site oficial: http://www.fxnetworks.com/ahs
Emissora: FX
Nota pessoal: 5

Sinopse
1964, Lana Winters resolve fazer uma visita ao instituto Briarcliff com o objetivo de reportar os abusos causados aos pacientes internados na instituição. Porém sua ganância faz com que a atenção da irmã Jude se volte para a repórter, e descobre sua orientação sexual, considerada uma doença na época, e a interna. Com isso Lana não só descobre todos os tipos abusivos de tratamentos realizados, mas também passa a recebe-los em altas doses, então precisa descobrir um jeito de sair da instituição para que possa buscar seu novo objetivo, fechar o lugar.

Pontos relevantes:
Diferente da temporada anterior, American Horror Story - Asylum esta com um foco bastante polêmico, abordando temas como nazismo, possessão, abuso de pessoas mentalmente instáveis, sadismo entre outros. Temas estes que podem levar algumas pessoas ao desconforto e causar a não aceitação da série.

Crítica:
Não vou mentir, assim que terminei a primeira temporada fui correndo assistir a segunda, sem sequer pesquisar nada a respeito, e ao iniciar o primeiro episódio fiquei completamente desgostosa já nos primeiros minutos, quando realizei que o cenário seria completamente diferente. Mas ao final do episódio admito que fiquei muito satisfeita.
Foi quando descobri que a série tem um formato de antologia e cada temporada abordará um cenário e tema diferentes o que, depois de me acostumar com a ideia, adorei, afinal não tem como enjoar da história, basta apenas se acostumar com os atores interpretando novos personagens com personalidades completamente diferentes. Definitivamente fiquei fã do estilo e estou a procura de séries com este formato, acho que vale a pena e sem dúvida esta será a grande fórmula do sucesso de American Horror Story.
Esta temporada foi de longe muito melhor que sua antecessora, agora o cenário esta mais pesado, sombrio e com certo aspecto psicodélico, toda esta combinação agrada alguns e desagrada outros. Por exemplo temos muito apelo para a corrupção dos votos e princípios religiosos e este foi grande alvo de discussões acaloradas entre os fãs da série e acabou por dividir opiniões.
Eu particularmente gostei muito da série e ainda mais de seu desfecho. Claro que, assim como na temporada anterior, não existe explicação para muitos dos acontecimentos, mas a série conquista seus fãs mais por suas bizarrices do que por fazer sentido.
Desde a primeira temporada me apaixonei pelo ator Evan Peters e foi muito interessante vê-lo e um novo papel, afinal na temporada anterior este interpretada um adolescente perturbado, já nesta ele era um homem com seus mais de 20 anos, casado e mais centrado. Me surpreendeu positivamente.
Fiquei bastante satisfeita com o destaque dado para Sarah Paulson, que mal apareceu na temporada anterior, o que fez muitas pessoas pensarem que ela não passava de uma nova atriz no elenco. Ela trabalha muito bem e soube conduzir a série de forma bastante satisfatória.
Não preciso nem falar de Jéssica Lange certo? Ela é a alma da série (tudo bem que a Alma era interpretada por outra atriz.. tá bom parei) e sem ela acredito que American Horror Story não seria nem um terso do que é hoje.
Zachary Quinto (OMFG!!!) o que foi ele nesta temporada? Simplesmente amo quando ele faz o papel de vilão (desculpem o soft spoiler para aqueles que ainda não iniciaram a temporada, mas é um ponto muito importante que não pode passar em branco), e mais uma vez ele conduziu com maestria e enganou muita gente.
Para finalizar a babação de ovo para os atores não posso deixar de fora a belíssima Lily Rabe que surpreendeu demais em sua atuação. Durante a primeira temporada eu (e tenho certeza que muitos) me irritei com o choro excessivo da atriz, achei que era a única coisa que ela era capaz de fazer bem. Logo no início da temporada pensei que isso iria continuar, e no meu íntimo torci muitas vezes para que ela fosse uma das primeiras vítimas a morrer, não pude me arrepender mais do meu desejo quando, devido a uma grande reviravolta, ela mudou o perfil da personagem e deu um show de atuação.
Tenho que observar um ponto muito importante, a maquiagem usada nesta temporada foi sensacional, a forma como eles deformaram as pessoas e até mesmo como envelheceram alguns dos personagens é de uma qualidade incrível o que trouxe mais realidade e um aspecto bastante assustador para a série.
Sei que esta não é uma série que agrada a todos os gostos e que pode tirar o sono de muita gente, portanto a recomendação é bastante moderada, sugiro aos interessados que leiam um pouco mais antes de começar a acompanhar.
Agora espero ansiosamente saber qual será o cenário para a próxima temporada.

Abertura:


Informações sobre a próxima temporada:
A terceira temporada já esta confirmada com previsão de estréia no fall season (primavera no Brasil). O cenário ainda não foi revelado mas especula-se de que será em Salem, nos resta mesmo aguardar as confirmações.

Temporadas anteriores
Primeira Temporada

Curiosidades:
Em 18 de Janeiro foi confirmado pelo produtor Ryan Murphy que, juntamente com Jéssica Lange, retornam também para a terceira temporada Evan Peters e Sarah Paulson para a alegria dos fãs da série e dos atores (falta apenas confirmar Zachary Quinto para que todos fiquem realizados).

Fonte: American Horror Story - Wikipedia

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL