#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Star Trek - Além da Escuridão

24 de junho de 2013


Título Original: Star Trek - Into Darkness
Gênero: Ficção Científica
Ano: 2013
Duração: 132 minutos
Nota pessoal: 5
Site Oficial

Sinopse
Em sua nova missão, a tripulação da nave Enterprise é enviada para um planeta primitivo, que está prestes a ser destruído devido à erupção de um vulcão. Spock é enviado para dentro do vulcão, onde deve deixar um dispositivo que irá congelar a lava incandescente. Entretanto, problemas inesperados fazem com que ele fique preso dentro do vulcão, sem ter como sair. Para salvá-lo, James T. Kirk ordena que a Enterprise saia de seu esconderijo no fundo do mar, o que faz com que a nave seja vista pelos seres primitivos que habitam o planeta. Esta é uma grave violação das regras da Frota Estelar, o que faz com que Kirk perca o comando da nave para o capitão Pike. A situação muda por completo quando John Harrison, um renegado da Frota Estelar, coordena um ataque a uma biblioteca pública, que oculta uma importante base da organização. Não demora muito para que Kirk seja reconduzido ao posto de capitão da Enterprise e enviado para capturar Harrison em um planetóide dentro do império klingon, que está à beira de uma guerra com a Federação.


Crítica:
Sem dúvida este filme entrou na lista de um dos melhores filmes do ano. Que filmaço. Assisti-lo ainda com uma experiência 4D foi simplesmente incrível.
Nem posso contar muito do filme por conta dos spoilers mas fiquei vidrada do começo ao fim. O filme é intenso, cheio de aventuras, suspense que torna tudo eletrizante demais.
Confesso que fui assistir ao filme com certo medinho, afinal estava com tanta expectativa devido a presença de Benedict Cumberbatch no elenco que pensei que talvez estas expectativas pudessem não ser atendidas, preocupação completamente desnecessária afinal Ben dá um show de atuação como vilão que é de tirar o chapéu (só a voz dele na primeira cena antes de mostrar seu rosto já me arrepiou, o cara é demais e não é atoa que vem conquistando cada dia mais e mais fãs), a cada nova cena fui ficando ainda mais apaixonada pelo ator e seu trabalho fantástico (babando para dizer mais a verdade - oh homem lindooooo). Tenho certeza de que aqueles que não são fãs do ator ou que sequer conhecem seu trabalho vão sair do cinema com a sensação de terem visto um dos melhores vilões da história do cinema (sinceramente não acredito que esteja exagerando, mas pode ser que alguns pensem que sim).
Agora deixa eu parar de falar um pouquinho do Ben e ir para todo o restante do que engloba o filme, afinal não é apenas um ator que faz um ótimo filme (no caso dele pode até ser possível ahahaha - tá, parei). Todo o elenco foi simplesmente fantástico, mas Zachary Quinto chega a dispensar comentários, ele como Spock esta simplesmente demais, as tiradinhas feitas sobre o comportamento humano eram sempre regadas de muita risada.
O enredo foi eletrizante, emocionante, engraçado e até mesmo agoniante, chorei demais neste filme, coisa que sinceramente não esperava (e olha que passou o trailer de O Homem de Aço antes e lógico que chorei), me emocionei muito mesmo (infelizmente teve uma parte que não chorei tanto quanto gostaria ou a cena pedia porque a cadeira do cinema estava dessincronizada e neste momento chacoalhava como se eu estivesse no rali dos sertões, entenda melhor aqui).
Gente o que falar deste filme? Ele é perfeito de verdade, sei que não sou nenhuma conhecedora de Star Trek, somente das versões do queridíssimo J.J. Abrams mas não tenho medo de dizer que seus filmes valem muito a pena de serem conferidos.

Curiosidades:
A Paramount Pictures pediu ao diretor J.J. Abrams que rodasse o filme usando câmeras 3D, mas ele queria utilizar câmeras IMAX. No fim das contas, Abrams rodou o filme usando câmeras IMAX e, posteriormente, ele foi convertido para o formato 3D. Trata-se da primeira vez na história do cinema que um filme rodado em IMAX foi convertido para 3D.

Fonte: Adoro Cinena

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL