#VocêTemUmaMenteMilionária

Livros: A Casa de Hades

27 de novembro de 2013


Título Original: The House of Hades
Gênero: Infanto-Juvenil
Autor: Rick Riordan
Ano: 2013
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 496
Nota pessoal: 5
Compre aqui

Sinopse:
A tripulação do Argo II enfrenta dias difíceis. Inimigos espreitam no caminho para a Casa de Hades e o moral da equipe está baixo após a perda de dois integrantes importantes em Roma. Para chegar às Portas da Morte e tentar impedir o despertar de Gaia, nossos heróis Hazel, Jason, Piper, Frank e Leo vão precisar fazer alianças perigosas, encarar deuses instáveis e combater os asseclas enviados pela sanguinária Mãe Terra para detê-los. A situação é ainda pior para Percy e Annabeth. Após caírem no Tártaro, os dois passam fome, sede e sofre com diversos ferimentos enquanto são caçados por vários inimigos que derrotaram ao longo dos anos e que agora surgem das sombras em busca de vingança. A única esperança da dupla de voltar para o plano mortal reside em encontrar as Portas da Morte e fechá-las de uma vez por todas. No entanto, uma legião de monstros fiéis a Gaia defende as Portas, e nem Percy nem Annabeth estão em condições de enfrentá-la.

Personagem favorito:
Eternamente time Leo. E claro que me apaixonei por Bob e Bob pequeno, que são uns fofos e especiais.

Citações que me chamaram a atenção:
"Para meus maravilhosos leitores:
Lamento pelo último suspense. Quer dizer, não, não de verdade. HAHAHAHA. Mas, falando sério, adoro vocês, pessoal."
"Acredito que o universo é basicamente como uma máquina, Não sei quem fez isso, se foram as Parcas, os deuses, ou o Deus com D maiúsculo, ou qualquer outro ente. Mas funciona como deve a maior parte do tempo. Claro, algumas peças quebram e as coisas dão errado de vez em quando, mas na maioria das vezes... tudo acontece por um motivo. Tipo nos encontrarmos."
Crítica:
Tio Rick vem se superando a cada novo livro, se A Marca de Atena foi uma aventura eletrizante com um final marcante o que dizer de A Casa de Hades?
A começar que o padrão de qualidade e estilo de livros se mantêm, porém as personagens vão amadurecendo cada vez mais, mas ainda assim aquele toque infantil e divertido esta sempre presente.
Temos uma história recheada de acontecimentos e obstáculos a serem superados pelos heróis, que encontram monstros a cada esquina e muito raramente conseguem a ajuda de algum Deus, por menor que ele seja.
Confesso que tive uma surpresa durante a leitura, afinal não esperava que ele desse esse direcionamento para aquela personagem, visto que nos livros anteriores não tivemos qualquer vestígio de que essa seria sua história, mas ainda assim foi apresentada de forma convincente e de fácil absorção.
Estou ficando bastante redundante para escrever sobre os livros do tio Rick, afinal eles mantêm esse padrão de qualidade e acabo não conseguindo não ser repetitiva.
Muitas das pessoas me disseram que esse livro era ainda melhor do que o anterior, porém eu o considero igualmente bom, mas ainda tenho meu favoritismo por A Marca de Atena, talvez pelo final eletrizante.
Em suma e sem ficar repetindo tudo o que sempre escrevo a respeito dos livros de Rick Riordan, leiam toda a série que, apesar de não ter uma queda em O Filho de Netuno (que fique claro que é a minha opinião), a série se recuperou e esta numa crescente incrível com aventuras imperdiveis, super recomendo.

Este é o quarto livro da série Os Heróis do Olimpo, para conferir as resenhas dos livros anteriores basta clicar nas capas abaixo:

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta