#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Capitão Phillips

10 de fevereiro de 2014


Título Original: Capitain Phillips
Gênero: Drama / Biografia
Ano: 2013
Duração: 134 minutos
Nota pessoal: 4

Sinopse
Richard Phillips é um comandante naval experiente, que aceita trabalhar com uma nova equipe na missão de entregar mercadorias e alimentos para o povo somaliano. Logo no início do trajeto, ele recebe a mensagem de que piratas têm atuado com frequência nos mares por onde devem passar. A situação não demora a se concretizar, quando dois barcos chegam perto do cargueiro, com oito somalianos armados, exigindo todo o dinheiro a bordo. Uma estratégia inicial faz com que os agressores recuem, apenas para retornar no dia seguinte. Embora Phillips utilize todos os procedimentos possíveis para dispersar os inimigos, eles conseguem subir à bordo, ameaçando a vida de todos. Quando pensa ter conseguido negociar com os piratas, o comandante é levado como refém em um pequeno bote. Começa uma longa e tensa negociação entre os sequestradores e os serviços especiais americanos, para tentar salvar o capitão antes que seja tarde.

Crítica:
Desde que vi o lançamento do livro e que esse havia sido adaptado para o cinema pensei "essa história esta com cara de adaptação que vai para o Oscar" por isso que já me antecipei em ler o livro, que por sinal foi uma leitura super diferente de tudo o que havia lido até o momento, com isso tive uma surpresa gostosa.
Eis que estava certa e o filme conta com seis indicações, sendo uma delas a de Melhor Filme.
Bem, apesar de ter gostado demais do filme, e ele ter atendido as expectativas criadas pelo livro devo dizer que não o considero com um filme merecedor da estatueta de Melhor Filme, temos concorrentes muito melhores na disputa (sei que estou parecendo uma louca torcendo por O Lobo de Wall Street e Gravidade), mas na verdade não o vejo ganhador de nenhuma das categorias, mas só o fato de estar indicado já mostra o potencial do filme.
Alias, preciso comentar que não entendi a indicação de Barkhad Abdi para a categoria de Melhor Ator Coadjuvante, não que ele tenha atuado mal, mas ele sinceramente não fez nada de extraordinário, ao contrário, achei que ele estava sempre com a mesma cara nas cenas. Enfim, coisas de Oscar e suas indicações e, muitas vezes, premiações que só eles entendem os motivos.
Voltando ao filme, gostei muito da forma como foi colocada nas telas a história, na verdade durante a leitura eu ficava imaginando as cenas (imaginei o bote salva-vidas completamente diferente do que foi mostrado), foi muito interessante ver o resultado e certamente valeu muito a pena, devo comentar que Tom Hanks atuou muito bem e considerando que seu coadjuvante foi indicado ele poderia muito bem estar na lista, mas como a lista já esta bem concorrida para eu escolher não vou reclamar (tá, eu sei que estou torcendo somente para o Leonardo DiCaprio).
Achei que no filme eu senti mais aflição, me coloquei mais na pele de Richard Phillips do que no livro, talvez o estilo de narrativa dele tenha me deixado com a sensação de estar escutando e não vivendo a história, se é que me entendem, e isso trouxe mais realidade para o filme.
Super recomendo que assistam, como todo filme baseado em fatos reais vale muito a pena conferir.

Curiosidades:
Baseado no livro "Dever de Capitão", escrito pelo verdadeiro Richard Phillips. Confira a resenha clicando na capa abaixo:

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL