#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: O Menino e o Mundo

8 de setembro de 2014


Título Original: O Menino e o Mundo
Gênero: Animação
Ano: 2014
Duração: 80 minutos
Nota pessoal: 5
Site Oficial 

Sinopse
Um garoto mora com o pai e a mãe, em uma pequena casa no campo. Diante da falta de trabalho, no entanto, o pai abandona o lar e parte para a cidade grande. Triste e desnorteado, o menino faz as malas, pega o trem e vai descobrir o novo mundo em que seu pai mora. Para a sua surpresa, a criança encontra uma sociedade marcada pela pobreza, exploração de trabalhadores e falta de perspectivas.


Crítica:

Confesso que no início do ano quando o filme saiu nos cinemas não animei em nada em assistir. Mas, conforme comentado no post da Bienal do Livro (aqui), o filme foi exibido para quem quisesse ver então aproveitei a oportunidade.
Sai da sala de exibição do filme com o coração cheio de alegria. Que animação linda. Devo confessar que um dos motivos de eu não ter animado em nada em conferir esse filme foi pelo traço apresentado na animação. Assim como a maioria esmagadora da população, sou fútil ao ponto de pensar que Disney e derivados dominam o mundo da animação, e que ainda por ser nacional o filme não seria lá grande coisa. Não tenho vergonha de assumir meus pré conceitos a respeito de algo.
Sim, os traços da animação são extremamente simples, mas eles carregam uma magia incrível, nele conseguimos sentir a inocência de uma criança, embarcar em seu mundo e compartilhar seus medos e anseios.
Fiquei maravilhada com toda a simplicidade que nos foi apresentada desde o momento da abertura até a introdução de uma linguagem própria para as personagens e principalmente a trilha sonora e efeitos sonoros, que foi todo construído pelo grupo Barbatuques, um dos mais conceituados grupos de percussão corporal do mundo.
Sinceramente é difícil conseguir explicar o efeito que esse filme produziu em mim, derrubando todos os pré conceitos que eu tinha a respeito de uma animação nacional e simples, transformando algo simples em belo, criticando a sociedade e o meio de vida que caminha nossa nação, mostrando pela ótica de uma criança como tudo poderia ser mais simples e melhor.
É um filme que recomendo para todo mundo, e posso comparar minha paixão por esse filme com a mesma que senti ao ler Extraordinário, recebi uma dose de sutis tapas na cara e muito amor, e é por isso que super recomendo esse filme, que deixa muita super produção no chinelo.

Curiosidades:
Os desenhos da animação foram feitos diretamente com lápis coloridos, giz de cera, pastel e canetinha, não havendo desta forma separação entre desenho e pintura na hora da produção, o desenho é espontâneo, como são os traços de uma criança, despretensioso, quase primitivo. .
Todos os efeitos sonoros foram realizados pelos Barbatuques, um grupo mundialmente conceituado de percussão corporal.

Fonte: Adoro Cinema

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL