#VocêTemUmaMenteMilionária

Em companhia de Robert Langdon

26 de outubro de 2014

Que dia é hoje? Bem depois de sair de Orlando fiquei completamente perdida no tempo, com isso não sei que dia de viagem me encontro. Talvez seja um bom sinal, não? De que estou aproveitando a ponto de me perder no tempo (espero que seja realmente isso, e não de que estou ficando velha rsss).
Ao chegar no aeroporto minha aventura já começou. O táxi que deveria me levar ao hotel que eu havia reservado simplesmente se recusou a me levar a um hotel tão longe e saiu caçando um hotel perto do aeroporto com preço razoavelmente barato (eita lugar caro de se hospedar, isso que ainda não tive coragem de reservar hotel em NY). Então, conseguiu outro hotel para eu me hospedar. E como sempre confio na boa vontade das pessoas aceitei a ajuda (ainda mato minha mãe do coração por confiar tanto nas pessoas).
E mais uma vez estava certa em confiar (tenho muita sorte em só me deparar com pessoas de boa fé em meu caminho), o hotel é uma graça, infinitamente melhor do que eu havia acabado de sair em Orlando, porém apesar de ser mais perto do que eu pretendia me hospedar ainda assim é um tanto longe de DC, é preciso pegar um táxi até o metro e uma longa jornada de metro até chegar(é bom que aproveito esse tempo para escrever).
Fui dar um passeio pela noite de Reston Town Center e já me apaixonei pelo tempo frio, decoração das casas e clima de Halloween/Natal, tudo lindo.
No dia seguinte fiz uma longa viagem até Annapolis para assistir ao jogo de futebol americano de Navy-Marine vs San José States (não sei porque mas esse esporte me fascina), sai do estádio ainda mais apaixona pelo esporte e ansiando a oportunidade de conferir um novo jogo. Foi uma experiência muito divertida que super recomendo. Gostaria de assistir a um jogo universitário e, claro, um da NFL, quem sabe.
Depois de viajar para retornar à DC sai sem rumo e me deparei com o lindo memorial de Lincoln, sou apaixonada por sua história e fiquei encantada com o lindo monumento. Gostaria de ficar sozinha ali por horas só absorvendo a atmosfera.
Enquanto andava pelas ruas de Washington fiquei me imaginando na companhia de Robert Langdon em uma de suas aventuras, como em O Símbolo Perdido. Estar nessa cidade tem sido algo mágico, um banho de cultura que até pouco estava somente nos livros.
Dia seguinte, depois de bater perna por horas até poder, finalmente, pegar o Bus Tour, na companhia constante do meu historiador favorito, fui me apaixonando a cada nova rua que entrava, numa delas até encontrei o AMOR perdido na paisagem, conclusão resolvi eliminar definitivamente Pensilvânia da minha trajetória e ficar mais alguns dias em Washington DC, e então ir direto para Manhattan. Portanto trarei mais novidades sobre esse maravilhoso distrito em breve.

Ps* passo frio, fome e perrengue  todos os dias mas não tô ligando muito pra isso, está valendo muito a pena, sem dúvida está sendo a melhor viagem da minha vida.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta