#VocêTemUmaMenteMilionária

A Rocha

5 de novembro de 2014

Sai de New York com gostinho de quero ver todos os espetáculos da Broadway, madrugada estava a caminho de San Francisco. Toda essa mudança de fuso horário tá me deixando meio atrapalhada, de duas horas de diferença do Brasil fui para 3 e agora estou em 6 horas (isso é estranho).
Como cheguei no início da tarde não deu para muita coisa, pois já tinha programação, então resolvi almoçar. Fui em um dos piers perto do hotel e não poderia ter feito coisa melhor, me senti num dos filmes adaptados do Nicholas Sparks (já fui advertida a não me apaixonar por ninguém aqui, pois de acordo com a estatística Nicholas Sparkeana a chance de eu morrer é de 50%).
Sai de New York debaixo de um mega frio, cheguei na Califórnia com um sol de rachar pensei que seria assim o tempo todo quente. Puff, se não fosse eu perguntar pro guia da excursão antes teria me ferrado, ele recomendou eu colocar uma roupa mais quente e sai correndo pq tinha apenas 25 minutos para ir até o hotel trocar de roupa e voltar. Conclusão cheguei no pier esbaforida (voltando ao Brasil já tenho planos para corrigir isso), mas felizmente deu tempo, foi eu pisar no barco para ele sair (ufa!).
Então fui para Alcatraz, que experiência maravilhosa. A história é incrível, o Tour é muito bem elaborado sem contar a vista que é maravilhosa. Dica para quem fizer essa visita no futuro, pegue o Tour noturno, o primeiro que sai as 3:50 (é, por aqui escurece umas 5), é imperdivel a vista do por do sol, um verdadeiro espetáculo.
Durante a visita foi impossível não lembrar de Damien Nichols, Vida Após a Morte, por mais que seja outra prisão, entrei numa cela minúscula e tentei me imaginar confinada aquele espaço por mais da metade da minha vida, e estar na solitária então (sim você pode ter essa experiência mas não sozinho), sinistro demais.
Segundo dia descobri um amigo que está hospedado a duas quadras do meu hotel, então resolvemos turistar juntos.
Fomos para o Muir Woods, depois em Sausalito, que lugar maravilhoso não deixem de ir na sorveteira Lappert's Ice Cream e pedir o cookies for santa, sem dúvida é o melhor sorvete que já tomei na vida.
Depois fomos fazer umas comprinhas pelo centro.
Estar num fuso horário de 6 horas de diferença do Brasil me fez sentir saudades de casa, afinal o momento que estou no hotel e posso falar com o pessoal daí estão todos dormindo. Eu mando mensagem assim mesmo vai que alguém responde (ou me xingue).
As referências cinematográficas e de séries estão simplesmente explodindo minha cabeça. Estar na Gooden Gate hoje foi UAU. Mas estar nessa cidade me faz lembrar principalmente de um filme que eu adoro, Amor ou Amizade, que mostra muito a paisagem de SFO da forma como estou enxergando. Certeza que depois dessa viagem minha forma de ver os filmes irá mudar completamente.
Terceiro dia resolvi que sou atleta então aluguei uma bike para fazer o passeio pela Golden Gate até Sausalito (de novo, mas é caminho) passeio imperdivel, uma aventura gostosa e, se você é lesado(a) como eu, um tanto dolorosa, afinal tomei vários capotes, mas para minha felicidade durante o trajeto na estrada consegui me manter em cima da bike. Finalizando em Sausalito fui obrigada a tomar o sorvete dos deuses apreciando a linda vista que essa cidade pode nos prover.
Depois peguei o barco para voltar a San Francisco, pois era humanamente impossível eu ficar sentada no selim por mais duas horas (nem preciso explicar porque).
Saldo final, diversos hematomas, ninguém me avisou que o pneu da bicicleta escorregava nos trilhos do bondinho.
A viagem continua e o dia por aqui ainda não acabou, estou apenas relaxando um pouco para me recuperar dos capotes de hoje, além eu falo tanto que não estou conseguindo fazer um post por lugar então prefiro quebrar em dois.

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta