#VocêTemUmaMenteMilionária

Welcome to The O.C., bitch

10 de novembro de 2014

Depois de uma longa viagem aqui estou, Los Angeles. Demorei quase 10 horas para chegar, mas sobrevivi.
Como cheguei muito tarde na cidade não deu para fazer muita coisa, ainda mais porque fui agraciada (ironia?) por mais uma crise de sinusite (é a terceira em menos de 3 meses, acho que vou ganhar uma passagem no Guinness Book), mas aprendi a me hospedar na região central, por isso sai para jantar, tomar uma cerveja e conhecer gente, e depois um pub para fechar a noite.
Primeiro dia oficial em LA fui dar uma volta pelo centro histórico e sinceramente não recomendo, parece uma privada gigante. Gente, moro no centro de São Paulo e digo que o centro de Los Angeles é infinitamente pior, sério. Vocês não fazem ideia a quantidade de drogados circulando pelas ruas de LA, fiquei impressionada, ganhou de San Francisco. Um deles inclusive me abordou pedindo dinheiro, falou que estava chapado, que o colega dele tinha acabado de ser preso na esquina de baixo e que ele estava em condicional e não podia ser preso (fala sério, só conheço gente bacana. Manhe vou levar esse pra te apresentar).
Depois resolvi passear por Hollywood, porque sim. Peguei um passeio por entre as mansões de celebridades e cenas de filmes. O passeio vale a pela para quem curte apreciar arquitetura, por sorte sempre gostei de passear por bairros admirando suas casas caso contrário teria morrido de tédio, afinal o passeio se resume a ver casas de celebridades e pouquíssimos pontos de filmagem. O legal foi que pude conferir a localização de bares clássicos de Rock que sempre quis conhecer.
Depois tive uma realização pessoal, a oportunidade de assistir a um filme onde acontecem as cerimônias do Oscar, o Dolby Theater. OMFG! Me senti uma adolescente em frente a um grande fã. Fiquei maravilhada desde a compra do ingresso rssss (só faltou o tapete vermelho). Uma experiência única, sem dúvida. Assisti Interstellar (terá resenha em breve) e antes de o filme começar tem um mestre de cerimônias que nos deu a feliz notícia de que estávamos assistindo ao filme na mesma sala que Christopher Nolan conferiu sua obra completa, com os mesmos recursos tecnológicos (ele falou a grana investida nesses recursos mas sinceramente deletei a informação assim que começou o filme). Esse é o único filme apresentado, pois está rolando um festival de cinema, fiquei tentada em comprar ingressos mas me segurei.
Dei uma circulada pela Calçada da Fama, mas que decepção. Parece mais uma calçada dos desesperados é gente tentando vender, gente tentando comprar, cosplay de tudo o que você possa imaginar, uma feira total, sem qualquer glamour.
Em meio a tudo isso pude passar em frente a muitas festas, certamente muita celebridade estava ali e atravessei em meio a uma filmagem, achei o máximo.
Fiz um tour noturno, mas a cidade a noite não é tão bonita como as que visitei. Na verdade Los Angeles tem muito nome mas sinceramente não estou tão atraída pela cidade assim.
Por isso no segundo dia resolvi ir para a praia.
Andar por aqui de transporte público ou bus tour tem se mostrado realmente complicado, diferente das outras cidades que tudo era prático e simples. Para chegar a praia levei horas, coisa que de carro faria em apenas 1 hora. Definitivamente se um dia eu retornar à Califórnia será de carro. O lado positivo da minha viagem é que fui usando o Bus Tour, com isso até chegar em meu destino pude conhecer vários pontos turísticos e locais que serviram de cenário para filmes.
Apesar das inúmeras referências no mundo do cinema e das séries, a minha maior referência para essa região é o seriado que me trouxe ao mundo dos seriados, The O.C.
Acidentalmente minha primeira parada foi Fishermans Village, onde são filmadas algumas cenas de Revenge, como o bar de Jack.
Depois resolvi passar o resto da tarde em Venice admirando a paisagem, molhando os pés no Oceano Pacífico e absorvendo um pouco da cultura californiana. Foi uma delícia. Adoro ficar sentada na areia pensando na vida.
Depois passei um mega frio na longa viagem de volta. Mas nada que um bom banho quente, uma troca de roupas e o fato de estar faminta não me fizesse sair do quarto do hotel novamente.
Como amanhã o dia promete uma agenda muito cheia resolvi almoçar na região de L.A. Live que fica em frente ao hotel e tem uma infinidade de atrativos.
Los Angeles ainda não acabou, como supracitado amanhã tenho uma agenda lotada com visitas a studios. Como sei que o dia de amanhã irá render bastante assunto achei melhor já contar o que aconteceu até agora.

Ps* Espero que estejam gostando do diário de viagem que estou postando por aqui.

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL