#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Caminhos da Floresta

5 de fevereiro de 2015


Título Original: Into The Woods
Gênero: Musical
Ano: 2015
Duração: 124 minutos
Direção: Rob Marshall
Distribuição: DISNEY / BUENA VISTA
Nota pessoal: 2
Site Oficial

Sinopse

Um padeiro e sua mulher vivem em um vilarejo, onde lidam com vários personagens famosos dos contos de fadas, como Chapeuzinho Vermelho. Um dia, eles recebem a visita da bruxa, que é sua vizinha. Ela avisa que lançou um feitiço sobre o casal para que não tenha filhos, como castigo por algo feito pelo pai do padeiro, décadas atrás. Ao mesmo tempo, a bruxa avisa que o feitiço pode ser desfeito caso eles lhe tragam quatro objetos: um capuz vermelho como sangue, cabelo amarelo como espiga de milho, um sapato dourado como ouro e um cavalo branco como o leite. Eles têm apenas três dias para encontrar tudo, caso contrário o feitiço será eterno. Decididos a cumprir o objetivo, o padeiro e sua esposa adentram na floresta.


Crítica:
Gente, eu AMO musicais, sério. Quando eles são adaptados para o cinema eu fico completamente louca para conferir, e por isso fui no final de semana de estreia conferir Caminhos da Floresta, por ser um conceituado musical da Broadway adaptado ao cinema. Nunca fiquei tão decepcionada. Não consigo dizer se foi pelo fato de ser adaptado para o cinema ou pelo simples fato de ficar sem qualquer desejo de conferir sua peça.
Ainda estou tentando digerir diversas coisas que acho mais fácil listar ao menos três e explicar meus pontos para ficar mais fácil, são elas:
  1. Três indicações ao Oscar, e uma delas para uma grande categoria, a de Melhor Atriz Coadjuvante. Sou completamente apaixonada pelo trabalho de Meryl Streep mas nesse filme fiquei com a sensação de What the fuck durante todo o filme, ainda não consigo enxergar onde a atuação dela foi tão incrível, sinceramente já vi performances muito melhores, nesse filme tudo o que ela fazia era girar e pular para o meio do nada. Não obrigada, não consigo entender;
  2. Se esse filme for fiel a peça da Broadway, como me pareceu (afinal tinha uma infeliz do meu lado que cantava toda maldita canção do filme - sim eu queria socar a cada nova canção, por favor quando forem a um cinema de filme musical ou a um musical JAMAIS cantem as músicas, é extremamente irritante), não consigo entender como pode ser tão conceituado, achei extremamente caricata e dispensável; e
  3. A escolha do elenco não me desce até agora. Atores incríveis em papeis, que, me desculpem os fãs, achei medíocres. Alguém me explica a cena do dueto/duelo dos dois príncipes? Foi de longe a cena mais bizarra do mundo do cinema. Sem contar em Johnny Depp que, sério, não precisava disso. Em suma todas as personagens foram extremamente forçadas e caricatas, não consegui gostar de nenhuma.
Sinceramente escrever sobre esse filme me cansa, sei que muita gente vai achar um absurdo tudo o que escrevi, mas estou sendo sincera, esse filme trouxe o pior de mim para uma avaliação de filme, me desculpo abertamente com o os fãs, mas não consegui aproveitar muito exceto o trabalho visual do filme, que é realmente lindo, no demais eu dispenso.

Curiosidades:
Esta é a terceira vez que se tenta adaptar o musical da Broadway "Into the Woods" para o cinema. A primeira foi em 1994, quando chegou a acontecer uma leitura do texto na casa da atriz e diretora Penny Marshall envolvendo Robin Williams, Goldie Hawn e Cher. A segunda tentativa veio anos depois e teria Rob Minkoff como diretor e Billy Crystal, Susan Sarandon e Meg Ryan como protagonistas.
Into the Woods estreou na Broadway em 1987. A peça foi premiada no Tony Awards, o "Oscar do teatro americano", nas categorias de melhor trilha sonora e melhor livreto musical.

Fonte: Adoro Cinema

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta