#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Selma - Uma Luta pela Igualdade

9 de fevereiro de 2015


Título Original: Selma
Gênero: Drama
Ano: 2015
Duração: 122 minutos
Direção: Ava DuVernay
Distribuição: DISNEY / BUENA VISTA
Nota pessoal: 4

Sinopse

Cinebiografia do pastor protestante e ativista social Martin Luther King, Jr, que acompanha as históricas marchas realizadas por ele e manifestantes pacifistas em 1965, entre a cidade de Selma, no interior do Alabama, até a capital do estado, Montgomery, em busca de direitos eleitorais iguais para a comunidade afro-americana.


Crítica:
Confesso que o trailer me deixou com uma sensação de que o filme seria muito mais do que foi, e por isso sofri um pouco com a decepção. Durante o trailer recebemos uma altíssima carga emocional por conta das cenas e da trilha sonora envolvente, durante o filme não recebemos a mesma carga emocional, e por isso fiquei um tanto decepcionada, sabe quando você vai assistir ao filme com a absoluta certeza de que sairá do cinema soluçando e ao terminar percebe que não derramou uma única lágrima, pois foi isso o que aconteceu comigo.
Mas essa decepção com a carga emocional prometida não o tornou um filme ruim, na realidade a história de Martin Luther King Jr. é uma inspiração para qualquer ser humano, e por isso já vale a pena conferirmos mais essa adaptação biográfica de uma parte de sua incrível história.
Apesar de minha avaliação não ter sido a nota máxima, tudo por conta do marketing prometido no trailer e não cumprido durante as 2 horas de filme, ainda não entendo porque o filme não recebeu indicações para as categorias de Melhor Ator e Melhor Diretor, fui obrigada a concordar com as más línguas de que a Academia me pareceu um tanto preconceituosa esse ano ao não indicar, respectivamente David Oyelowo e Ava DuVernay para as categorias.
Adorei me deparar novamente com Cuba Gooding Jr. na telona. Sou apaixonada pelo trabalho desse ator incrível, mas ele anda tão esquecido no mundo de Hollywood, fazendo papeis secundários como nesse filme, mas espero realmente que ele volte a atuar em incríveis filmes como Homens de Honra, espero de verdade.
Na verdade senti que o filme foi muito descriminalizado, sendo indicado somente a duas categorias, Melhor Filme e Melhor Canção Original, acredito que a única categoria a qual ele tem chances de ganhar é a segunda, mas ele merecia não só as indicações que já comentei como Melhor Fotografia. Ele é merecedor de maior destaque sim.
Super recomendo o filme, só não assistam esperando a carga emocional prometida no trailer, pois não a encontraram, a demais se preparem para uma linda história.

Curiosidades:

O roteiro do longa, escrito por Paul Webb, figurou na Black List 2006, lista dos melhores roteiros não filmados de Hollywood. O ator David Oyelowo leu o roteiro em 2007 e revelou numa entrevista que sentia ser destinado a interpretar Martin Luther King. Desde então ele se preparou para o papel, lendo tudo sobre o ativista e até trabalhou com um professor de dialeto para seu tom de voz se aproximar com o de King.


Fonte: Cinema 10

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta