#VocêTemUmaMenteMilionária

Livros: Uma Breve História do Tempo

18 de fevereiro de 2015

https://www.skoob.com.br/livros/uma-breve-historia-do-tempo/3708ed486527

Título Original: A Brief History of Time
Gênero: Divulgação Científica
Autor: Stephen Hawking
Ano: 1988
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 256
Nota pessoal: 4

Sinopse:

Uma Breve História do Tempo - Uma das mentes mais geniais do mundo moderno, Stephen Hawking guia o leitor na busca por respostas a algumas das maiores dúvidas da humanidade: Qual a origem do universo? Ele é infinito? E o tempo? Sempre existiu, ou houve um começo e haverá um fim? Existem outras dimensões além das três espaciais? E o que vai acontecer quando tudo terminar?
Com ilustrações criativas e texto lúcido e bem-humorado, Hawking desvenda desde os mistérios da física de partículas até a dinâmica que movimenta centenas de milhões de galáxias por todo o universo. Para o iniciado, Uma breve história do tempo é uma bela representação de conceitos complexos; para o leigo, é um vislumbre dos segredos mais profundos da criação.

Citações que me chamaram a atenção:
"Uma resposta possível é dizer que Deus escolheu a configuração inicial do universo por motivos muito além de nossa compreensão. Isso sem dúvida estaria ao alcance de um ser onipotente, mas, se ele começou o universo de maneira tão incompreensível, porque optou por deixar que evoluísse segundo leis que pudéssemos entender? Toda a história da ciência consiste na compreensão gradual de que os eventos não acontecem de maneira arbitrária, mas refletem uma ordem subjacente, que pode ou não ser de inspiração divina."
Crítica:
Não havia me passado pela cabeça ler uma divulgação científica publicada em 1988 com fins de recreação, sinceramente. Acontece que desde a divulgação de A Teoria de Tudo, estou cada vez mais curiosa para entrar no mundo, e se possível na mente de Stephen Hawking e por isso quando a Editora Intrínseca anunciou que faria o relançamento de seu livro revisado não hesitei em pedir meu exemplar, sinceramente não fazia a menor ideia de onde estava me metendo.
Primeiramente esperava entrar em um mundo confuso de terminologias que dariam um completo nó em minha mente limitada e que me deixariam em um tédio mortal. Eu falei que não sabia onde estava me metendo. Pois, no final das contas embarquei em um mundo repleto de teorias, história, conhecimento e que me fizeram viajar.
Apesar de se tratar de um livro completamente científico, e não fazer o menor sentido eu ter viajado durante a leitura, ele é tão bem escrito que não nos causa aquele esperado tédio quando lemos algo teórico e explicativo sobre algum conceito. Muito pelo contrário Hawking é um mestre em contar histórias com fatos, ele tem uma didática incrível e hipnotizante.
Durante toda a leitura eu embarquei em um mundo de ficção científica que ia além da minha compreensão, me peguei divagando por diversas vezes durante a leitura.
Apesar de toda essa babação de ovo para a didática e a narrativa do escritor, não vou enganar ninguém aqui, o livro não é um livro de fantasia ou ficção, portanto, por mais incrível que seja sua forma de escrever, sua leitura acaba se tornando um pouco cansativa e com isso a leitura evolui de forma mais lenta. E se você viajar na leitura como eu, ai se prepare para uma leitura ainda mais longa, porque eu chegava a viajar de tal forma que precisava retomar algumas páginas passadas para conseguir compreender o que era dito, pois eu já estava com personagens fictícios, aeronaves, viagens por buracos negros e caminhos de minhoca, vivendo no mundo Interestelar.
Referente ao conteúdo, quem sou eu para julgar, não tenho qualquer conhecimento sobre o tema, tudo se limita ao básico que foi aprendido na escola, algumas teorias e só, portanto para meu leigo conhecimento o livro é incrível.
Sem dúvida foi uma maravilhosa experiência sair da minha zona de conforto e encarar uma leitura diferente de tudo o que já li e imaginei ler, super recomendo a todos.

Curiosidades:
Stephen William Hawking é um físico teórico e cosmólogo britânico e um dos mais consagrados cientistas da atualidade. Doutor em cosmologia, foi professor lucasiano de matemática na Universidade de Cambridge, onde hoje encontra-se como professor lucasiano emérito, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage. Atualmente, é diretor de pesquisa do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica (DAMTP) e fundador do Centro de Cosmologia Teórica (CTC) da Universidade de Cambridge.

Fonte: Wikipédia

INSTAGRAM @fls.com.vc

LEITORES

RECEBA POR EMAIL