#VocêTemUmaMenteMilionária

Filmes: Cobain - Montage of Heck

13 de julho de 2015


Título Original: Cobain - Montage of Heck
Gênero: Documentário
Ano: 2015
Duração: 145 minutos
Direção: Brett Morgen
Distribuição: UNIVERSAL PICTURES
Nota pessoal: 5

No Dia Mundial do Rock trago o documentário de uma das grandes perdas do mundo do Rock.

Sinopse
Documentário sobre o vocalista, guitarrista e compositor Kurt Cobain, líder do Nirvana. Com acesso a arquivos pessoais e depoimentos de familiares de Cobain - inclusive com a participação da filha dele com Courtney Love, Frances -, o filme conta do início até a ascensão de sua carreira, apresentando diversas canções, algumas delas inéditas. O retrato íntimo de um artista que raramente se revelou para a mídia.



Crítica:
Achei muito sensível o trabalho feito com esse documentário, em momento algum quiseram somente vitimizar Kurt Cobain, mas sim mostrá-lo com como uma pessoa que errou motivada por erros e rejeições de outros, mas também movido pelos seus próprios medos e anseios.
Esse documentário esta bastante completo, intimista e sensível.
O trabalho feito foi realmente incrível, utilizando uma variedade interessante de materiais como vídeos e áudios da família, assim como desenhos de Kurt, relatos e depoimentos de pessoas próximas e também um lindo trabalho gráfico de animação.
Quanto a trilha sonora, não posso deixar de comentar que ficou extremamente tocante a forma como ela foi apresentada, temos não apenas as performances de Nirvana, como também cansões interpretadas por corais e orquestras que trouxe uma atmosfera melancólica e bela para o trabalho.
Sem dúvida perdermos Kurt Cobain e, com isso, perdermos o Nirvana, foi uma perda inestimável para o mundo da música, mas como tudo na vida não podemos prever, precisamos aceitar e seguir em frente, tirar a lição com aquilo que nos machuca.
A história apresentada nesse documentário certamente mexeu muito comigo, afinal não só cresci com a banda e acompanhei toda sua tragédia, como também passei por muitos conflitos relatados durante o longa, um ponto que mais me identifiquei em tudo e que me fez refletir muito a respeito foi o fato de Kurt Cobain não suportar ser ridicularizado, isso é algo que também me incomoda de uma forma inexplicável e, até mesmo, incontrolável, e entendo sua dificuldade em digerir esse tipo de reação e comportamento, assim como de trabalhar de todas as formas e com todas as forças para que essa situação não aconteça.
Fiquei muito emocionada e agradecida por ter podido ver um trabalho tão lindo como esse. Vale muito a pena conferir, pois ficou realmente incrível.

Curiosidades:
A cantora Courtney Love, esposa de Cobain, ia ser produtora deste documentário. Para explicar seu afastamento, o diretor Brett Morgen disse: "Courtney será um dos temas do longa e todos nós concordamos que seria melhor se não fosse dado a ela o controle editorial do filme". Já a filha do casal, Frances Bean Cobain, atuará como produtora executiva do longa.

Fonte: Adoro Cinema

LEITORES

RECEBA POR EMAIL

INSTAGRAM @fls_insta